Apesar da turbulência externa, esperamos um dia positivo para a Bolsa local

A aguardada primeira pesquisa eleitoral para o segundo foi divulgada ontem. A vantagem do candidato Jair Bolsonaro é de 16 pontos a frente de Fernando Haddad. De acordo com o Datafolha, ele tem 58 por centos dos votos válidos e o petista, 42 por cento.

Enquanto isso, lá fora o mercado é bem negativo, seguindo o ritmo de ontem. Tanto bolsas asiáticas fecharam em baixa, como europeias e S&P estão apontando para baixo. Destaque para os receios sobre a guerra comercial sino americana, após empresas chinesas informarem que a taxação está prejudicando os consumidores – um dos pilares de crescimento do gigante chinês.

Apesar da turbulência externa, esperamos um dia positivo para a Bolsa local.

Leia também:

Trump critica Fed em aumento de juros e Nasdaq fecha com queda superior a 5%

Ibovespa fecha em queda, dólar dispara e cenário internacional não ajuda

Fala de Bolsonaro repercute negativamente: Ibovespa cai, dólar sobe e estatais ruem