Com exterior negativo e realização de lucros, Ibovespa cai e dólar opera em estabilidade

Seguindo o tom de cautela dos mercados internacionais, o Ibovespa abriu o pregão desta quinta-feira (10) em queda e permaneceu com desempenho negativo. Mesmo com os investidores se movimentando na realização de lucros, a Bolsa brasileira apresentava perdas moderadas, se mantendo acima do patamar de 93 mil. Ás 12h09 (horário de Brasília), o Ibovespa recuava 0,43%, a 93.209 pontos, e o giro financeiro era de R$1,948 bilhão.

Baixe o E-book O Guia Completo de Como Ter Sucesso Nas Operações de Day Trade

As preocupações com a desaceleração da economia chinesa e a continuidade da paralisação do governo norte-americano (shutdown) devido ao impasse pela construção do muro na fronteira com o México, conduzem o ritmo dos negócios. O dólar comercial operava em leve alta de 0,11%, sendo cotado a R$3,68, com o discurso do presidente do Federal Reserve pressionando o câmbio. Em outro ponto, o cenário político no Brasil reforça as projeções otimistas para o mercado, levando a um fortalecimento do real.

Os contratos de juros futuros eram comercializados com elevação nas taxas, refletindo o clima de maior aversão ao risco. O DI com vencimento para setembro/2019 subia 0,15%, sendo negociado a 6,52% (6,50% no ajuste anterior), o DI para junho/2023 avançava 0,83%, sendo vendido a 8,55% (8,54% no ajuste anterior) e o DI para dezembro/2024 aumentava 0,11%, sendo comercializado a 8,90% (8,89% no ajuste anterior).

As ações de maior liquidez do Ibovespa operavam em queda, com algumas exceções. Na ponta negativa, as ações da Vale caíam firme no compasso da baixa nos preços do minério de ferro e em meio à divulgação dos dados mais fracos da economia chinesa. Na ponta positiva, as ações da Cemig apresentavam firme valorização após o governador de Minas Gerais, Romeu Zema, afirmar sua pretensão em privatizar a companhia e enviar o projeto para apreciação da assembleia legislativa.

COMPANHIAS ESTATAIS
Petrobras (PETR3) -1,18% Vale (VALE3) -1,77%
Petrobras (PETR4) -0,75% Embraer (EMBR3) -0,14%
Eletrobras (ELET3) +0,88% Banco do Brasil (BBAS3) +0,42%
Eletrobras (ELET6) +0,35% Cemig (CMIG4) +1,32%

Baixe o Infográfico: 5 motivos – Por Que Investir na Bolsa Agora É Um Bom Negócio

SETOR BANCÁRIO SETOR SIDERÚRGICO
Itaú Unibanco (ITUB3) -0,28% Usiminas (USIM3) -0,16%
Santander (SANB11) -0,77% CSN (CSNA3) -0,61%
Bradesco (BBDC3) -0,11% Gerdau (GGBR4) -1,31%

Relatório gratuito – Petrobras: O petróleo é nosso

Relatório gratuito – Banco do Brasil: O gigante acordou