Corretoras renovam carteiras para dezembro com aposta em consumo

Várias corretoras ajustaram suas carteiras diante dos ganhos de alguns setores em novembro, em busca de oportunidades novas, especialmente em setores como varejo e construção.

O BTG Pactual trocou as ações de Petrobras e CCR por Gerdau e BR Properties em sua carteira de 10 ideias de ações para o mês, apostando em maior demanda por ações longas em meio ao mercado de construção aquecido e a perspectiva de retomada de projetos de infraestrutura ligados à privatização. A BR Properties deve se beneficiar da demanda por espaços de escritórios em São Paulo e no Rio à medida que as taxas de vacância caiam e também da queda dos juros reais de longo prazo. A carteira inclui também Itaú Unibanco, Localiza, Renner, Rumo, Totvs, JBS, CPFL e Oi. O BTG acredita que a retomada da economia brasileira deve compensar a instabilidade política da América Latina, incluindo o Brasil. A carteira do BTG apresentou rendimento de 0,77% em novembro, abaixo do Ibovespa, que subiu 0,95%.

O BB Investimentos, em sua carteira fundamentalista, trocou JSL, Marfrig, GPA e Vale por BRF, Klabin, Movida e Via Varejo. A carteira, que rendeu 1,61% em novembro, tem ainda Bradesco, Cyrela, Lojas Americanas, Petrobras, Taesa e Tupy. O banco revisou a meta para o Ibovespa em 2020, para 125 mil pontos, um potencial de alta de 15% sobre o fechamento de novembro.

A carteira 10+ da Genial Investimentos apresentou rendimento de 1,83% em novembro. Para dezembro, a corretora trocou oito papéis: CPFL Energia, Eneva, Paranapanema, Itaúsa, SulAmérica, Grendene, Santander e Ser Educacional. Entraram ABC Brasil, Camil, Via Varejo, Randon, Unipar, Banco do Brasil, JBS e Copasa.

A carteira TOP 10 da Ágora Investimentos, do Bradesco, teve ganho de 2,7% em novembro e fez três alterações, retirando Aliansce, Eletrobras PNB e Tenda. No lugar, entraram Iguatemi, GPA e Trisul. A troca vem da expectativa de atraso na privatização da Eletrobras e por mudanças estratégicas para os setores de shoppings e Construção.