Dólar oscila em queda e Ibovespa sobe após divulgação da XP/Ipese

A pesquisa sobre o segundo turno das eleições presidenciais realizada pela XP/Ipese, confirma vantagem ainda maior do candidato Jair Bolsonaro (PSL) sobre Fernando Haddad (PT). Na noite de ontem (10), o Datafolha divulgou um resultado onde o militar reformado aparece 16 pontos à frente do petista, e nesta manhã (11), o XP/Ipese mostrou um aumento neste percentual, registrando 58% das intenções de votos ao candidato do PSL contra 42% ao candidato do PT.

Esse cenário conferiu novo ânimo na Bolsa brasileira, que voltou a operar em alta depois de fechar o pregão anterior com expressiva queda influenciada por pressões internacionais. O otimismo com as últimas notícias surtiram efeito sobre o Ibovespa futuro que disparou 600 pontos em 5 minutos, indicando valorização de ações das estatais e bancos, enquanto ações de empresas vinculadas ao câmbio apresentavam ligeira queda frente à desvalorização do dólar.

Embora a Petrobras esteja passando por um momento de valorização neste pregão, a tendência é que suas ações oscilem até o final do dia, devido à apreensão dos investidores em relação ao aumento no estoque de petróleo dos EUA, que acabou gerando uma queda nos preços no mercado global.

Ás 11h43 (horário de Brasília), o dólar comercial estava cotado a R$3,74 em uma variação negativa de 0,396% e o Ibovespa futuro operava com uma alta de 0,46% a 84.090 pontos.

Leia também:

Trump critica Fed em aumento de juros e Nasdaq fecha com queda superior a 5%

Apesar da turbulência externa, esperamos um dia positivo para a Bolsa local

Estatais em foco: investidores penalizam ações na Bolsa

Bolsonaro já tem nove nomes para ministérios