Ibovespa dispara mais de 2% com Reforma da Previdência e dólar cai a R$3,74

Na B3, hoje foi um dia de pregão muito volátil. Nas primeiras horas de sessão, o Ibovespa operou com perdas reagindo à divulgação de dados mais fracos no setor de varejo dos Estados Unidos. Porém à tarde, o índice geral descolou do exterior e disparou após o Secretário Especial da Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, declarar mais detalhes sobre a proposta de Reforma da Previdência escolhida por Bolsonaro, durante a reunião com Paulo Guedes.

Baixe o E-book O Guia Completo de Como Ter Sucesso Nas Operações de Day Trade

O secretário afirmou que a decisão do presidente foi pela definição das idades mínimas de 65 anos para os homens e 62 para as mulheres, além de ter enfatizado a importância de fixar em 12 anos o período de transição. Embora a equipe econômica tenha se posicionado no sentido de colocar a idade mínima de 65 anos para ambos os sexos, Bolsonaro pontuou que deve ser preservado o direito das mulheres de aposentar em menos tempo. Marinho confirmou que o texto deverá ser encaminhado ao Congresso Nacional no próximo dia 20, para iniciar o processo de tramitação.

Relatório gratuito – Banco do Brasil: O gigante acordou

No fim da sessão, o benchmark da Bolsa brasileira registrou uma valorização de 2,27%, aos 98.015 pontos e um giro financeiro de R$13,624 bilhões. O dólar comercial encerrou em queda de 0,27%, sendo cotado a R$3,74, próximo à mínima do dia. O mercado de câmbio oscilou devido à elevação das expectativas com o cenário político brasileiro. A divisa americana depreciou contra o real, mas subiu contra a maior parte das moedas globais, em um dia que os agentes externos fortaleceram o seu desempenho.

Os contratos de juros futuros fecharam em queda, com os investidores retirando o prêmio ao longo da curva reagindo ao progresso da Reforma da Previdência e em atenção ao desempenho ruim do setor de varejo americano. O DI com vencimento para dezembro/2020 caiu para 6,97% (7,06% no ajuste anterior), o DI para dezembro/2023 desceu para 8,37% (8,50% no ajuste anterior) e o DI para dezembro/2028 diminuiu para 9,08% (9,20% no ajuste anterior).

Baixe o Infográfico: 5 motivos – Por Que Investir na Bolsa Agora É Um Bom Negócio

As principais blue chips, ações de maior liquidez no Ibovespa, encerraram com ganhos exponenciais. O Banco do Brasil obteve valorização de mais de 5% após divulgar um lucro líquido ajustado de R$3,845 bilhões referentes ao último trimestre do ano passado. Esse valor representa um aumento de 20,6% em relação ao mesmo período do ano passado, superando as projeções do mercado.

A Petrobras também avançou neste pregão, percebendo um aumento superior a 3%, acompanhando o aumento dos preços do petróleo no mercado internacional. No noticiário da estatal, houve um acordo com a Agência Nacional do Petróleo (ANP), no qual a companhia se comprometeu a pagar R$3,1 bilhões para compensação do governo do Espírito Santo e dos municípios capixabas, além da União, pela produção do supercampo Novo Jubarte, que segundo os dirigentes da Petrobras, não existia. Como a estatal tratava o super reservatório como se fossem sete unidades menores, conseguia manter a isenção do pagamento de participação especial sobre grandes áreas produtoras.

Baixe o e-book: Desvendando o swing trade: tudo o que você precisa saber!

Ás 18h44 (horário de Brasília), o petróleo Brent para abril/2019 tinha alta 1,70%, sendo cotado a US$64,70 o barril e o petróleo WTI para março/2019 avançava 1,24%, sendo cotado a US$54,55 o barril.

COMPANHIAS ESTATAIS
Ativo 13/02 14/02 Ativo

13/02

14/02

Petrobras (PETR3) +2,37% +2,09% Vale (VALE3) +2,69% +0,37%
Petrobras (PETR4) +1,28% +3,45% Embraer (EMBR3) +0,75% +2,82%
Eletrobras (ELET3) +2,99% +0,87% Banco do Brasil (BBAS3) -2,27% +5,11%
Eletrobras (ELET6) +2,84% +2,65% Cemig (CMIG4) +1,66% +1,63%

 Relatório gratuito – Petrobras: O petróleo é nosso

SETOR BANCÁRIO SETOR SIDERÚRGICO
Ativo 13/02 14/02 Ativo 13/02 14/02
Itaú Unibanco (ITUB3) -2,15% +2,80% Usiminas (USIM3) -0,09% +0,36%
Santander (SANB11) -1,81% +2,68% CSN (CSNA3) +1,01% +1,50%
Bradesco (BBDC3) -0,84% +3,40% Gerdau (GGBR4) +0,84% +0,64%

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.