Ibovespa segue em alta com impulso das Blue Chips; dólar cai a R$3,83

Na B3, o pregão de hoje iniciou em tom otimista, com o cenário externo ainda digerindo os riscos e benefícios da trégua na guerra comercial entre EUA e China. As blue chips, ações de maior liquidez, apresentavam um bom desempenho, impulsionando a alta da Bolsa brasileira. Com destaque para a Petrobras, que avançava devido ao aumento dos preços do petróleo no mercado internacional.

O Ibovespa seguia com força em sua trajetória de crescimento e, às 12h00 (horário de Brasília), registrava valorização de 0,34%, a 90.122 pontos e um giro financeiro de R$1,589 bilhão. O dólar comercial, impactado pelo clima de cautela no exterior, tinha queda de 0,21%, sendo cotado a R$3,83, em um dia sem grandes oscilações.

Os contratos de juros futuros destoavam do câmbio e operavam em leve aumento, com os investidores realizando lucros após um período de redução no prêmio. O DI com vencimento para setembro de 2019 subia 0,07%, sendo negociado a 6,75% (6,73% no ajuste anterior), o DI para junho de 2021 ganhava 0,24%, sendo vendido a 8,36% (8,33% no ajuste anterior) e o DI para dezembro de 2023 tinha alta de 0,43%, sendo comercializado a 9,43% (9,35% no ajuste anterior).

As estatais operavam em firme valorização, acompanhando o cenário externo positivo para ativos de risco. Petrobras ON subia 0,83%, Petrobras PN aumentava 0,62%, Eletrobras PNB avançava 1,71%, Banco do Brasil ON crescia 0,68%, Embraer ON ganhava 1,28%, Cemig PN tinha alta de 0,63% e Copasa ON valorizava 0,35%.

Baixe o E-book O Guia Completo de Como Ter Sucesso Nas Operações de Day Trade

Internacional

As principais Bolsas de valores da Ásia fecharam o pregão desta terça (04) sem um rumo comum. Múltiplas variáveis interferiram no desempenho geral, mas foi o índice de Tóquio que liderou as perdas. A valorização do iene contra o dólar e o aumento nos preços dos títulos levou o Nikkei 225 a cair 2,39%, resultado que neutraliza parte dos ganhos registrados nas últimas sete sessões.

O Xangai Composto, em Xangai, teve alta de 0,42%, o SZSE Component, de Shenzhen, subiu 0,43%, o Hang Seng, de Hong Kong, aumentou 0,29%, o Kospi, no Seul, reduziu 0,82%, o S&P ASX 200, de Sidney, declinou 1,01%, o indiano Nifty 50 NSEI perdeu 0,13% e o IDX Composite, de Jacarta, avançou 0,56%.

Baixe o Infográfico: 5 motivos – Por Que Investir na Bolsa Agora É Um Bom Negócio