Investidor estrangeiro reduz posição de compra na B3 em julho

O investidor estrangeiro continua reduzindo sua posição de compra na Bolsa brasileira (B3).

Na jornada da última quinta-feira (18), as compras totalizaram R$ 5,972 bilhões e as vendas R$ 6,529 bilhões.

Desse modo, o dia findou com saldo negativo de R$ 557,719 milhões, levando ao déficit de 3,574 bilhões em julho.

valorização do Ibovespa marcou a sessão, com salto de 0,83% aos 104.716 pontos e volume financeiro de R$14,488 bilhões.

Em contrapartida, o dólar caiu a R$3,72 (1,19%) e atingiu seu menor nível em 5 meses com declarações do Fed.

No mesmo dia, os investimentos institucionais adquiriram R$ 4,846 bilhões, contra alienações de R$ 4,526 bilhões.

O resultado do dia ficou com diferença de R$ 338,386 milhões, findando com resultado é positivo em R$ 3,574 bilhões.

Ademais, os investimentos realizados por pessoas físicas na Bolsa também seguiram o rumo oposto ao investimento estrangeiro.

Na jornada, as entradas totalizaram R$ 3,039 bilhões e as saídas R$ 2,756 bilhões, saldo positivo de R$ 282,559.

Apesar dos resultados positivos, o índice mantém um déficit de R$ 690,072 milhões no mês.

Por outro lado, os investimentos de empresas públicas e privadas apontam superávit de R$ 41,462 bilhões em julho.

No referido pregão, o grupo comprou R$ 79,462 milhões e vendeu R$ 73,215 milhões, totalizando R$ 6,247 milhões positivos.

Além disso, as instituições financeiras negativaram em R$ 69,470 milhões (entradas de R$ 6402,421 milhões; saídas de R$ 711,891 milhões).

No acumulado do mês, a posição se manteve negativa em R$ 531,106 milhões.

Leave a Reply

Your email address will not be published.