Mercado prevê inflação mais baixa em 2019

Mais uma vez, o mercado reduziu a estimativa da taxa básica de juros para o final de 2019, passando de 7,50% para 7,25%, conforme pesquisa Focus do Banco Central, divulgada na manhã de hoje (24). Na opinião dos top 5 economistas que mais acertam as previsões, a estimativa da selic passou de 7% para 6,50% no ano que vem e para o biênio 2020-21, a projeção do ponto-médio está em 8%.

Relatório gratuito – Banco do Brasil: O gigante acordou

Relatório gratuito – Petrobras: O petróleo é nosso

Para a inflação oficial, a mediana das projeções caiu de 3,71% para 3,79% ao final de 2018 e saltou de 3,80% para 3,83% nos próximos 12 meses. Para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), as expectativas são de redução em 0,04%, passando de 4,07% para 4,03% no final de 2019.

Baixe o Infográfico: 5 motivos – Por Que Investir na Bolsa Agora É Um Bom Negócio

Na análise dos economistas que mais acertam as previsões, a mediana para inflação oficial recuou de 3,74% para 3,66% no final de 2018 e diminuiu de 4,10% para 3,96% no final de 2019. Houve também uma redução na projeção do IPCA pela sétima semana consecutiva, que caiu de 0,11% para 0,10%. Na última sexta-feira, o IBGE divulgou uma prévia da inflação oficial (IPCA-15) registrando deflação de 0,16% em dezembro.

Relatório gratuito: 7 passos para suas finanças ficarem no azul

Em relação ao Produto Interno Bruto (PIB), a mediana das projeções para 2018 permaneceu em 1,30% pela segunda semana consecutiva e houve redução na estimativa para 2019, passando de 2,55% para 2,53%. Quanto ao câmbio, os economistas voltaram a elevar suas apostas para o dólar, prevendo a cotação de R$3,85 para o final de 2018 e R$3,80 para o final de 2019.

Baixe o E-book O Guia Completo de Como Ter Sucesso Nas Operações de Day Trade