O dia é negativo para ativos locais em dia de fortes emoções

O dia é de cautela. No front internacional, há quedas generalizadas ao redor do mundo com espera pela divulgação do PIB norte-americano que pode confirmar uma leve desaceleração em relação ao último trimestre, confirmando que o auge do país ficou para trás. Fato que é corroborado pelos resultados trimestrais decepcionantes de empresas de tecnologia como Google e Amazon. Será que as empresas chegaram ao topo de crescimento em meio a desaceleração do crescimento econômico global?

Por aqui, a cautela externa contamina os ativos locais no último pregão antes do aguardado segundo turno. Apesar da pesquisa Datafolha apontar a redução da vantagem de Bolsonaro, não vejo a possibilidade de uma virada neste momento – que seria histórica.

E eu com isso

O dia é negativo para ativos locais em dia de fortes emoções e dados divulgados que prometem agitar os mercados internacionais.

Leia também:

Para o pregão de hoje, a projeção é de um mercado otimista e movimentado