Os principais assuntos que vão agitar o mercado corporativo nesta sexta-feira

Em meio a uma semana de muitos resultados para este terceiro trimestre de 2018, a Cemig repostou no último dia desta temporada seu lucro líquido de R$ 95,3 milhões – ante ao prejuízo de R$ 83,6 milhões que havia sido apurado no mesmo período de 2017. Outro dado positivo foi sua receita, que teve alta de 17,5% (R$ 6 bilhões).

O terceiro trimestre de 2018 não foi favorável para a fabricante de armas Forjas Taurus. A empresa publicou um levantamento que apurou um prejuízo líquido consolidado de R$ 44,6 milhões. Esse número representa um recuo de 141% ante ao mesmo período de 2017. Ainda em 2017, o Ebitda da fabricante havia tido um desempenho negativo de R$ 27,6 milhões. No atual ano, o Ebitda deste terceiro trimestre (com margem de 12,6%) foi de R$ 24,3 milhões.

No terceiro trimestre deste ano, a fabricante de alimentos M. Dias Branco registrou um positivo lucro líquido que totalizou R$ 234,3 milhões. Sua receita líquida bateu os R$ 1,74 bilhões, enquanto o volume de vendas atingiu os 6,6%. O Ebitda (com margem de 16,3%) somou R$ 283,8 milhões.

Baixe o E-book O Guia Completo de Como Ter Sucesso Nas Operações de Day Trade

A Cesp – que teve sua compra pela Votorantim Energia, aprovada pelo Cade e sem restrições – registrou um lucro líquido de R$ 102,1 milhões neste terceiro trimestre, número que representa um recuo de 42% em seu prejuízo líquido quando comparada ao mesmo período do ano anterior. Sua receita líquida operacional somou R$ 440,6 milhões, ao passo que o Ebitda (com margem de 5,7%) registrou R$ 25,1 milhões.

Segundo apontou a Bloomberg, a Vale tem mantido fortes negociações que visam a expansão da maior mina de ferro a céu aberto do mundo, localizado na Amazônia. A empresa se reuniu com reguladores para discutir o projeto (S11D) que está avaliado em US$ 14 bilhões. Esse acordo tem como principal objetivo atender a demanda chinesa pelo produto de alta qualidade que tem aumentado cada vez mais.

O Via Varejo teve aprovado (por meio de seu conselho de administração) sua primeira emissão de notas promissórias da companhia – com o objetivo de reforçar o caixa da empresa – no valor de R$ 500 milhões e com vencimento para até 420 dias e juros remuneratórios de 108,4% dos DIs.

O secretário do Tesouro, Mansueto Almeida, afirmou que a privatização da Eletrobras é uma solução que beneficiará a todos. Sua não execução irá desencadear um rombo no Orçamento da União. Nesse caso, o governo precisaria cortar R$ 12 bilhões, já que não há recursos para aplicação no setor.

Baixe o Infográfico: 5 motivos – Por Que Investir na Bolsa Agora É Um Bom Negócio