Proventos de bancos, companhias financeiras no Brasil rendem mais que NTN-Bs

As ações financeiras no Brasil, especialmente as dos bancos, estão oferecendo rendimentos de dividendos acima dos títulos da dívida do governo de longo prazo pela primeira vez em sete anos, mostrando como a recuperação nos fluxos de concessão de crédito e a expectativa de manutenção de juros básicos baixos por um período prolongado têm ajudado a melhorar a rentabilidade do setor, disseram analistas do Credit Suisse em relatório nesta quarta-feira.

Em relatório, a equipe liderada pelo analista Marcelo Telles encontrou que os dividendos dos bancos brasileiros estão situados, no momento, em níveis acima das médias históricas após a diferença entre o rendimento esperado dos dividendos no prazo de um ano e as taxas de juros reais – ou ajustadas pela inflação – tocarem território positivo recentemente. “De fato, a diferença entre o rendimento dos dividendos e as taxas de juros reais estão em alta histórica”. Telles destaca a diferença entre os rendimentos esperados dos proventos do Itaú e do Bradesco, os dois maiores bancos privados do país, e os do Ibovespa, que aumentou recentemente.

Segundo os analistas, os dividendos projetados no setor mostram um retorno esperado de 4,7%, ante a taxa real dos títulos NTN-B de cinco anos de 3,4%. Entre as 100 principais ações pagadoras de dividendos no Brasil, há 12 que formam parte do setor financeiro e bancário que estão situadas na “região atrativa”, de dividendos, disse o relatório. Dessas 12, nove se situam no quintil superior – sete das quais são bancos. “Os dividendos dos bancos nunca foram tão atraentes na história recente quanto são hoje, com o Itaú Unibanco e o Bradesco oferecendo o spread mais alto sobre os rendimentos dos NTN-Bs”, disse Telles.

A análise dá mais suporte à visão do Credit Suisse de que as principais ações do setor devem mostrar desempenho acima da média ao longo dos próximos doze meses. Credit Suisse tem recomendação outperform, ou equivalente a compra, nos papéis do Banco do Brasil, Bradesco, Itaú Unibanco, Itaúsa, Banrisul, B3 e BB Seguridade. Dentro da lista de pagadoras de dividendos atraentes do setor, também estão Santander Brasil, banco ABC Brasil, IRB Brasil, Cielo e Porto Seguro.

Leave a Reply

Your email address will not be published.