Segundo AgRural, Brasil terá menor produção de soja em três anos

A AgRural, Assessoria em Comercialização de Soja e Milho, projetou nesta segunda feira (11), que a safra da soja 2018/19 terá redução de quase 4%, em comparação às perspectivas do mês passado. Mesmo estando em colheita avançada, a safra deverá totalizar 112,5 milhões de toneladas, em função de condições climáticas ruins.

Baixe o E-book O Guia Completo de Como Ter Sucesso Nas Operações de Day Trade

Este será o menor índice em três anos, após o recorde de 119,3 milhões de toneladas de 2017/18, com queda de 5,7%. Isso também representaria cerca de 10 milhões de toneladas a menos ao que diversas consultorias e entidades projetaram em recente pesquisa feita pela Reuters.

Baixe o Infográfico: 5 motivos – Por Que Investir na Bolsa Agora É Um Bom Negócio

Anteriormente, haviam tido baixas nos Estados do Paraná, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. De acordo com a assessoria, “desta vez, todos os Estados produtores tiveram cortes, com exceção de Rio Grande do Sul, Pará e Rondônia. Em relação ao ano passado, os Estados com as maiores perdas de produção são Paraná e Mato Grosso do Sul”.

Baixe o e-book: Desvendando o swing trade: tudo o que você precisa saber!

Os números serão revisados na produção do mês de março, e ‘’embora o Rio Grande do Sul tenha boas lavouras até o momento, as condições climáticas de fevereiro são decisivas para a produtividade gaúcha. As chuvas e as temperaturas de fevereiro também são importantes para a produtividade do Matopiba (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia), região que já registra perdas devido às condições desfavoráveis de janeiro” alertou o órgão.

Relatório gratuito – Banco do Brasil: O gigante acordou

Amanhã a Conab (Companhia Nacional de Investimentos), que já havia reduzido as perspectivas em janeiro, também divulgará novos dados sobre a produção brasileira da commoditie. O Brasil é o maior exportador de soja do mundo atualmente, devido às vendas para a China, após sanções impostas pelos Estados Unidos.

Relatório gratuito – Petrobras: O petróleo é nosso