Dólar faz pregão de ajustes e recua a R$4,02

Operando em queda desde e abertura, o dólar faz um pregão de ajustes, depreciando contra as principais moedas no exterior.

Por aqui, o otimismo com o cenário político pressiona um movimento de queda mais acentuado, seguindo as perspectivas de melhora entre o relacionamento do governo com o Congresso.

Às 12h17 (horário de Brasília), o dólar comercial recuava 0,54% contra o real brasileiro, sendo cotado a R$4,02, atuando em linha com o desempenho dos pares emergentes.

Na renda fixa, os contratos de juros futuros vivenciavam novo dia de redução nas taxas ao longo da curva a termo, com os investidores atentos aos desdobramentos da articulação dos deputados na Câmara.

O DI abril/2020 caía 0,69%, sendo negociado a 6,43% (6,44% no ajuste anterior) e o DI setembro/2022 caía 0,88%, sendo comercializado a 7,86% (7,93% no ajuste anterior).

Leia mais:

Ibovespa opera em alta à espera de novidades no cenário político

Noticiário Corporativo: Braskem (BRKM5) e BRF (BRFS3)