Dólar opera em queda refletindo expectativas de afrouxamento monetário

O dólar comercial segue em trajetória de queda, acompanhando o otimismo do cenário externo com o aumento das chances de redução da taxa básica de juros.

As falas do presidente Federal Reserve, Jerome Powell, reascenderam as expectativas sobre um afrouxamento monetário já na reunião deste mês, o que enfraqueceu a divisa americana contra as principais moedas emergentes.

Também no radar, o avanço da reforma da Previdência elevou as apostas quanto à redução da taxa Selic no Brasil na próxima reunião do Copom, o que igualmente animou o mercado.

Ás 12h12 (horário de Brasília), o dólar comercial depreciava 0,08% contra o real brasileiro, sendo cotado a R$3,7490 na venda.

Na renda fixa, os contratos de juros futuros operavam mistos, com as taxas de curto prazo recuando levemente e as taxas de longo prazo subindo, em atenção ao cenário político.

O DI fevereiro/2020 caía 0,44%, sendo negociado a 5,66% (5,69% no ajuste anterior) e o DI janeiro/2025 subia 0,44%, sendo vendido a 6,85% (6,83% no ajuste anterior).

Leia mais:

Ibovespa recua aos 104 mil com temores sobre a desidratação da Previdência

Empresas: Magazine Luiza (MGLU3) e Tenda (TEND3)