Dólar ronda a estabilidade com exterior positivo e indicadores econômicos

A divisa americana iniciou o pregão desta segunda-feira (24) rondando a estabilidade, refletindo o clima tranquilo no exterior.

Os investidores estavam otimistas com o avanço da reforma da Previdência e trabalhavam na recomposição de posições defensivas em expectativa à flexibilização monetária nos EUA.

Ás 12h20 (horário de Brasília), o dólar comercial desvalorizava 0,10%, sendo cotado a R$3,8210 na venda, em um dia de forte oscilação entre as moedas emergentes.

Na renda fixa, os contratos de juros futuros mistos, reagindo à divulgação do Boletim Focus, com as projeções de indicadores econômicos.

As estimativas de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 2019 foram revisadas pela 17ª vez consecutiva, caindo de 0,93% para 0,87%.

No mesmo sentido, os especialistas preveem que a inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) fechará o ano a 3,82%, permanecendo no centro da meta de 4,25%.

Com isso, o DI janeiro/2020 caía 0,17%, sendo negociado a 5,97% (5,98% no ajuste anterior) e o DI janeiro/2025 subia 0,42%, sendo vendido a 7,20% (7,20% no ajuste anterior).

Leia mais:

Ibovespa opera em alta com reforma da Previdência e tensões geopolíticas

Braskem (BRKM5): Raquel Dodge, solicita suspensão de liminar concedia pelo STJ