BC chinês injeta US$ 58 bilhões no sistema financeiro e mais indicadores econômicos

O Banco do Povo da China (PBoC, o BC chinês) voltou a injetar uma quantia significativa no sistema financeiro local.

A fim de manter ampla disponibilidade de recursos antes do feriado chinês do ano-novo lunar, a entidade injetou 400 bilhões de yuans (US$ 58,1 bilhões) em liquidez.

Desses, 300 bilhões de yuans foram oferecidos por meio de uma linha de crédito de médio prazo, segundo o PBoC.

Assim, o vencimento é de 1 ano e taxa de juros a 3,25%.

Outros 100 bilhões de yuans foram aplicados em contratos de recompra reversa de 14 dias que cobram juros de 2,65%.

De acordo com a Dow Jones Newswires, a demanda por recursos financeiros na China normalmente ganha força antes de feriados.

Por aqui, o IBGE divulga nesta manhã os dados da Pesquisa Mensal do Comércio; nos Estados Unidos, o Federal Reserve publica o Livro Bege.