Governo do Rio Grande do Sul desiste da venda de ações do Banrisul

O governo do Rio Grande do Sul desistiu da venda de ações do Banco do Estado do Rio Grande do Sul, Banrisul. As informações foram anunciadas nesta quinta feira (19), por meio de fato relevante.

O motivo alegado é de que o valor por ação não atendia o interesse do vendedor, no caso, o governo estadual. Na semana passada o Banrisul anunciou a venda de 96.323.426 milhões de ações ordinárias, por R$ 23,18 por ação para investidores profissionais, com oferta de R$ 2,232 bilhões.

Ontem o Banrisul reduziu a quantidade inicial de ações que seriam ofertadas para 71,35 milhões.

A oferta de ações havia sido aprovada pelo Conselho Diretor do Programa de Reforma do Estado (CODPRE) e referendada pelo governador do estado, Eduardo Leite (PSDB). As ações dariam ao seu titular direito de voto nas deliberações da assembleia geral de acionistas do banco.

O Banrisul informou hoje que “manterá os seus acionistas e o mercado em geral informados sobre qualquer nova informação a respeito desse tema, nos termos da regulamentação aplicável”.