IGP-M aumenta 0,73% na primeira prévia de junho, diz FGV

O IGP-M (Índice Geral de Preços Mercado) cresceu 0,73% na primeira prévia de junho, ficando acima da variação de 0,58% registrada no mesmo período de maio. Os resultados foram divulgados nesta terça feira (11), pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (Ibre/FGV).

O aumento no Índice de Preços ao Produtor Amplo foi de 0,74% nos primeiros dez dias de maio para 1,15% no primeiro decêndio de junho. Na análise por estágios de processamento, os preços dos Bens Finais caíram 0,52% em junho, após alta de 0,58% em maio, enquanto o índice referente aos Bens Intermediários subiu 0,80% este mês.

Para o Índice de Preços ao Consumidor (IPC), a diminuição foi de 0,09% nesta medição, ante avanço de 0,35% no primeiro decênio de maio. Os resultados das oito classes de despesas componentes deste índice foram:

Transportes 1,10% para -0,26%
Alimentação 0,09% para -0,68%
Saúde e Cuidados Pessoais 0,88% para 0,44%
Despesas Diversas 0,09% para -0,42%
Comunicação -0,01% para -0,10%
Educação, Leitura e Recreação -0,29% para 0,17%
Habitação 0,25% para 0,31%
Vestuário -0,21% para 0,00%

O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) caiu 0,07% no primeiro decêndio de junho, taxa inferior a apurada no mês anterior, quando o índice havia variado 0,09%. Os três componentes do INCC registraram as seguintes taxas da variação na passagem do primeiro decêndio de maio para o primeiro decêndio de junho: Materiais e Equipamentos (0,24% para -0,22%), Serviços (0,00% para 0,14%) e Mão de Obra que não variou pelo segundo mês consecutivo.

Leave a Reply

Your email address will not be published.