IGP-M avança 0,71% na primeira prévia de março, diz FGV

A Fundação Getúlio Vargas (FGV) informou nesta terça feira (12), que na primeira prévia do mês de março, a inflação medida pelo Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) teve alta de 0,71%, ficando 0,2% maior do que na medição de fevereiro.

Manual do Imposto de Renda para Investidores

Com peso de 60% sobre o índice geral, o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), aumentou 0,9% nos primeiros dez dias deste mês. No mês anterior, a alta foi de 0,22%. Analisando por estágios de processamento, os Bens Finais aumentaram 1,25%, ante 0,84% na parcial de fevereiro. Em relação aos Bens Intermediários a alta foi 0,27% no primeiro levantamento de março, contra recuo de 0,09% um mês antes, e as Matérias-Primas Brutas tiveram acréscimo de 1,25%, após queda de 0,14% no último mês.

Reforma da Previdência: O Futuro Dos Investimentos No Congresso Nacional

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), tem peso de 30%, e também registrou alta, com 0,47% na leitura inicial de março, na comparação com fevereiro, quando o indicador marcou crescimento de 0,14%. Os resultados deste índice foram:

Alimentação 0,95%
Saúde e Cuidados Pessoais 0,52%
Habitação 0,18%
Transportes 0,17%
Vestuário 0,66%
Comunicação -0,01%
Educação, Leitura e Recreação 0,63%
Despesas Diversas 0,08%

Os últimos 10% restantes de peso, ficam por conta Índice Nacional de Custo da Construção (INCC), que subiu 0,02% nesta mediação, representando um valor inferior ao crescimento de 0,25% observado em fevereiro.

Reforma da Previdência: O Futuro Dos Investimentos No Congresso Nacional