Monitor do PIB: Economia volta a reagir e cresce 0,2% no segundo trimestre

O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro teve um crescimento de 0,2% no segundo trimestre na comparação com o primeiro trimestre deste ano. Os dados são do monitor do PIB da Fundação Getúlio Vargas (FGV), divulgados nesta quarta-feira (14).

Na comparação interanual a economia cresceu 0,7% no segundo trimestre, o que manteve o crescimento da taxa acumulada em 12 meses em 0,9%, mesma variação observada no primeiro trimestre do ano.

‘’Na comparação contra o mesmo trimestre do ano anterior, o crescimento é fraco, mas positivo como já ocorre desde o quarto trimestre de 2016. Os dados mostram que, apesar do crescimento, a economia ainda não consegue se expandir a taxas mais robustas” disse o coordenador do Monitor do PIB-FGV, Claudio Considera.

Este crescimento da economia mostra um avanço na tendência da atividade econômica, que vinha recuando desde o quarto trimestre de 2018.

O aumento pode ser explicado pelo desempenho do setor de serviços, que cresceu 0,3% neste trimestre. O consumo das famílias cresceu 0,7%, décimo crescimento consecutivo deste componente, e a formação bruta de capital fixo voltou a crescer (2,3%), após dois recuos consecutivos

Enquanto as exportações apresentaram crescimento de 2,6%, as importações aumentaram de 4,5% no trimestre, após recuo de 2,2% no trimestre anterior.