Trump pede que Fed deixe juros negativos para melhorar a situação econômica dos EUA

Para evitar o enfraquecimento da economia, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, pediu ao Federal Reserve nesta quarta-feira (11), que reduza as taxas de juros do país negativamente.

Em uma série de posts no Twitter, Trump afirmou que a redução nas taxas pouparia o dinheiro dos Estados Unidos no pagamento das dívidas. O presidente, no entanto, não mencionou os riscos da medida e as tensões que o Japão e os bancos centrais da Europa tem passado devido a adoção da taxa negativa.

“O Federal Reserve deveria reduzir nossas taxas de juros para ZERO ou menos, e deveríamos então começar a refinanciar nossa dívida. O CUSTO DE JUROS PODERIA SER REDUZIDO MUITO MAIS, enquanto ao mesmo tempo estenderíamos substancialmente o prazo”, disse Trump no Twitter.

Tanto no Japão, quanto na Europa, as taxas abaixo de zero não fizeram muito para impulsionar o crescimento ou aumentar a inflação, como pretendido. A medida prejudica os poupadores e os lucros dos bancos no processo.

“É apenas a ingenuidade de Jay Powell (Jerome Powell, presidente do Fed) e do Federal Reserve que não nos permite fazer o que outros países já estão fazendo”, escreveu o presidente, que tem repetidamente observado que as taxas são negativas na Alemanha, a potência comercial da Europa.

“Uma oportunidade única na vida que estamos desperdiçando por causa desses ‘cabeças-duras'”, criticou Trump em relação a redução das taxas.

Isso mostra que o presidente mudou de ideia. Trump disse a repórteres na Casa Branca no mês passado que não queria ver taxas negativas nos Estados Unidos.

Na sexta feira, Powell disse que o Fed agirá “conforme apropriado” para ajudar a manter a expansão econômica dos EUA e que fatores políticos não tem importância no processo de tomada de decisão do banco central.