Vendas no varejo crescem 0,4% em janeiro, diz IBGE

Segundo uma pesquisa divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira (14), as vendas no comércio no Brasil aumentaram 0,4% em janeiro, após um recuo de 2,1% registrado em dezembro.

Manual do Imposto de Renda para Investidores

A queda de dezembro pode ser explicada pelo crescimento de 3,1% em novembro impulsionado pelas promoções da Black Friday, quando as pessoas economizaram para aproveitar as ofertas, e no mês seguinte já não tinham mais dinheiro para gastar.

Utilizando como base comparativa janeiro do ano passado, as vendas cresceram 1,9%, sendo esta a sexta taxa positiva seguida. No acumulado de 12 meses, o setor registrou alta de 2,2%.

Manual do Imposto de Renda para Investidores

Embora com crescimento, os resultados não foram suficientes para compensar a queda de dezembro, e as vendas continuaram mostrando fraqueza e perda de fôlego. No entanto, o resultado foi melhor do que o previsto pelo Reuters, de apenas 0,2%.

Sobre a receita nominal do varejo, ela avançou 0,8% na passagem de dezembro de 2018 para janeiro deste ano, pela série com ajuste sazonal. Ante janeiro do ano passado, a receita cresceu 4,8%.

Relatório Especial: Fundos Imobiliários

O desempenho de cada segmento em janeiro foi:

Combustíveis e lubrificantes 0,5%
Hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo 0,6%
Tecidos, vestuário e calçados 0,1%
Móveis e eletrodomésticos 0,4%
Artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos e de perfumaria -0,5%
Livros, jornais, revistas e papelaria 0,2%
Equipamentos e material para escritório, informática e comunicação 8,2%
Outros artigos de uso pessoal e doméstico 7,2%
Veículos, motos, partes e peças 5,7%
Material de construção 0,1%

E-book: Guia completo e definitivo da Previdência Privada