B3 (B3SA3) cresce 50,3% em relação a dezembro de 2017 e registra volume de R$14,6 BI

A B3 divulgou nesta quinta-feira (10), após o fechamento dos mercados, o resultado operacional referente ao último mês de 2018.

Os números vieram fortes, com destaque positivo para o volume de 14,6 bilhões de reais no segmento Bovespa, um crescimento de 50,3 por cento em relação a dezembro de 2017. No segmento BMF, o resultado foi bastante positivo, com crescimento de 11,4 por cento no volume e aumento de 14,5 por cento na receita média por contratos.

Baixe o E-book O Guia Completo de Como Ter Sucesso Nas Operações de Day Trade

E Eu Com Isso?

Baixe o Infográfico: 5 motivos – Por Que Investir na Bolsa Agora É Um Bom Negócio

Esperamos impacto positivo no preço das ações da B3 (B3SA3) no curto prazo. O volume negociado na Bovespa foi forte e totalizou 15,7 bilhões de reais de outubro a dezembro, crescimento de 44,6 por cento em relação a 2017, o que indica que o resultado do quarto trimestre será bom. Ou seja, com um maior volume de negócios, maior será a receita da B3.

Com os números de dezembro, o volume médio negociado foi de 12,3 bilhões de reais no ano, isso representar um forte crescimento de 41,1 por cento em relação a 2017. O aumento do volume negociado (da média de 2017 de 8,7 bilhões para 12,3 bilhões de reais em 2018) é geração de resultado para a B3, já que atualmente a Bovespa representa cerca de 25 por cento da receita líquida da B3.

Relatório gratuito – Petrobras: O petróleo é nosso

Relatório gratuito – Banco do Brasil: O gigante acordou