B3 (B3SA3) – Resultado operacional de setembro de 2018

A B3 divulgou nesta segunda-feira (08), após o fechamento dos mercados, o resultado operacional referente ao mês de setembro e do terceiro trimestre de 2018.

Os números foram regulares. O destaque negativo dos dados fica por conta do segmento Bovespa em setembro, com volume médio diário negociado de 9,6 bilhões de reais, valor 3,6 por cento inferior ao mês de agosto de 2017, que registrou volume de 10,0 bilhões de reais. Na comparação com o mês agosto, o volume médio negociado no segmento Bovespa apresentou queda de 10,2 por cento (10,7 bilhões de reais).

E Eu Com Isso?

Esperamos impacto neutro no preço das ações da B3 (B3SA3) no curto prazo. O volume negociado mais fraco no segmento Bovespa já era esperado pelo mercado devido à proximidade das eleições presidenciais, pois o mercado estava em compasso de espera.

Uma semana antes do primeiro turno das eleições em outubro houve forte aumento do volume negociado na Bovespa, com volume acima de 20 bilhões por dia. Nesta segunda-feira (08), no primeiro pregão após o resultado do primeiro turno das eleições, o volume do Bovespa foi muito alto de 24,6 bilhões de reais.

No acumulado dos nove meses de 2018, o volume médio negociado foi de 11,2 bilhões de reais, crescimento de 38,3 por cento em relação ao mesmo período de 2017. Provavelmente, o volume em outubro do Bovespa deverá crescer mais após as eleições.

O aumento do volume negociado (da média de 2017 de 8,1 bilhões para R$ 11,2 bilhões de reais) é “resultado na veia” para a B3, já que atualmente a Bovespa representa cerca de 25 por cento da receita líquida da B3.

Leia também:

MRV Engenharia (MRV3) – resultado operacional do trimestre

Petrobras irá reduzir 0,9% no preço da gasolina nas refinarias