Centauro fecha o segundo trimestre com lucro de R$ 118,9 milhões

A rede esportiva Centauro informou na última terça feira (13), após o fechamento do pregão, que registrou lucro líquido de R$ 118,9 milhões no segundo trimestre, excluindo os efeitos da norma contábil IFRS 16, revertendo um prejuízo de R$ 2,4 milhões.

Segundo a empresa, a receita líquida cresceu 5,1% na comparação com o mesmo período de 2018, totalizando R$ 545,5 milhões. Analisando o primeiro semestre, a receita foi de R$ 1.072 bilhão, com alta de 9,5% na comparação anual.

O lucro antes de juros, empréstimos, amortização e depreciação (Ebtida), sem os efeitos da norma IFRS 16, foi de R$ 141,4 milhões entre abril e junho, marcando um avanço de 177,6% entre um ano e o outro.

A margem EBITDA do 2T19 atingiu 25,9%, 16,1 pontos percentuais superior aos 9,8% apresentados no mesmo período do ano passado.

Sobre a receita líquida, e Centauro informou que mesmo tendo como base de comparação o período da Copa do Mundo de 2018, registrou um avanço na receita de 5,1% no trimestre e mais de 9% no semestre, impulsionada, principalmente, pela inauguração de 6 lojas.

Já o lucro bruto cresceu 5,6%, saindo de R$ 262,4 milhões no 2T18 para R$ 277,1 milhões no 2T19, com uma margem bruta de 50,8%. No semestre o avanço foi de 10,9% para R$ 541,3 milhões.

As ações da Centauro (CNTO3), estavam sendo negociadas no Ibovespa por volta de 11h10 com alta de 2,19% e valor de compra por unidade de R$ 18,18.