CSN anuncia captação de até US$1 bilhão com oferta de notes no exterior

A Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) anunciou a captação de até US$1 bilhão (R$4,18 bilhões) através da realização de uma oferta de notes nos Estados Unidos.

A operação será feita por meio de sua subsidiária CSN Islands XI Corp e a data prevista para liquidação dos títulos será 28 de janeiro, segundo informou o comunicado.

Os notes serão emitidos com vencimento para 2028 e os juros remuneratórios foram precificados em 6,75% ao ano.

Com o dinheiro arrecadado na transação a CSN pretende iniciar uma oferta pública de recompra de títulos que foram ofertados pela subsidiária CSN Resources e atualmente estão em circulação no mercado.

Ao todo, serão retiradas do mercado cerca de R$440 milhões em notas, cujo vencimento está marcado para julho deste ano, por isso, a operação deverá ser agilizada.

Os recursos também serão empregados na quitação de outras obrigações de curto prazo, bem como no reforço do fluxo de caixa.

Analisando o CSN (CSNA3), o Morgan Stanley classificou como neutro o desempenho das ações da companhia, mas elevou em 5% o preço-alvo, para R$16,50.

O banco acredita que os preços do minério vão deslanchar no segundo semestre e isso poderá impulsionar os papéis da empresa, que apresenta maior exposição à demanda doméstica.