Dasa integra a Ìmpar e família Bueno cria gigante vertical de hospitais

Dasa, a maior rede de medicina diagnóstica listada do país e controlada pela família do falecido empresário Edson do Godoy Bueno, vai fundir seus negócios com a Ímpar, uma holding de hospitais da mesma família, criando uma gigante verticalizada de serviços de saúde em um momento de consolidação do setor.

Para a Dasa-Ímpar, a transação visa a “agilizar o desenvolvimento de novos negócios pelas duas companhias, acelerar inovações tecnológicas e ofertas de serviços em modelo de remuneração diferenciados, bem como identificar oportunidades de melhor otimização de seus recursos, atendendo aos interesses de ambas as sociedades e seus acionistas”, de acordo com fato relevante divulgado nesta quinta-feira. Os Godoy Bueno juntam a companhia como prova de que o modelo de verticalização deve marcar o futuro da indústria privada de serviços de saúde – onde provedor, pagador e distribuidor ficam embaixo do mesmo guarda-chuva, garantindo maior crescimento com custos menores.

Rivais da nova companhia, como a Rede d’Or ou a Hapvida, estão concentradas em crescer orgânica e inorganicamente: a Rede D’Or comprou participação de 10% na Qualicorp; a Hapvida tem feito três aquisições neste ano somente. Já as empresas não verticalizadas devem se concentrar em virtualmente plataformas com soluções de cuidados primários e provedores especializados sob remuneração. A Ímpar foi avaliada em R$10 bilhões. A família controla aproximadamente 97% de cada uma das companhias.