Diretoria do Bradesco propõe o pagamento complementar de juros sobre capital próprio

A diretoria do Bradesco decidiu propor ao seu Conselho de Administração o pagamento complementar de juros sobre capital próprio (JCP).

Para estar apto a receber o benefício, os acionistas devem estar inscritos nos registros da Sociedade em 19/12/2019.

Nesta mesma data, a diretoria do Bradesco se reunirá com o conselho para avaliar a distribuição de R$ 4,245 bilhões.

Posteriormente, as ações passarão a ser negociadas “ex-direito” aos juros complementares no dia seguinte, isto é, a partir de 20/12/2019.

De acordo com o Diretor Executivo Adjunto e Diretor de Relações com Investidores da instituição monetária, Leandro de Miranda Araujo, o pagamento ocorrerá em 30/12/2019 pelo valor líquido de R$0,427872660 por ação ordinária (BBDC3) e R$0,470659926 por ação preferencial (BBDC4), já deduzido o imposto de 15% em ambos os casos.

O Bradesco já distribuiu R$ 2,98 bilhões em JCP neste ano e tem aprovados R$ 8 bilhões em dividendos extraordinários.