Duratex encerra a unidade de Botucatu (SP) e aposta na eficiência para consolidar a liderança

Por meio de fato relevante, a Duratex (DTEX3) informou o encerramento das atividades na planta de Botucatu, em São Paulo, onde era realizada a fabricação de painéis de madeira.

A empresa também divulgou a venda de ativos florestais e imóveis rurais às companhias Turvinho Participações e Bracell SP Celulose, além de ceder parcerias rurais na região central do estado.

Com as operações, fechamento da unidade e alienação de ativos, a Duratex reconhecerá um lucro líquido de aproximadamente R$230 milhões, cujo potencial de impacto no caixa será de R$450 milhões.

“Importante ressaltar que em função da capacidade instalada nas demais unidades da Divisão Madeira, o encerramento da unidade não implicará na descontinuidade do fornecimento de produtos, preservando nossa posição de liderança no mercado e pleno atendimentos aos clientes” – explicou a empresa.

Segundo Thiago Lofiego, analista do Bradesco BBI, as decisões da companhia estão alinhadas com sua estratégia de monetizar ativos florestais, conciliando os processos de desalavancagem sem afetar os insumos de sua produção.

Tal medida seria uma forma de obter eficiência operando com quatro plantas, mas utilizando uma capacidade produtiva maior. A recomendação do banco para as ações é OP, no preço-alvo de R$16.

Movimentações na B3  

 As ações de maior liquidez da Bovespa encerraram majoritariamente em queda, depois de oscilar em alta a maior parte do dia. A seguir, as mínimas do mercado à vista:

COMPANHIAS ESTATAIS
Ativo 16/08 19/08 Ativo 16/08 19/08
Petrobras (PETR3) -0,45% +1,36% Vale (VALE3) -0,46% -0,09%
Petrobras (PETR4) -1,32% +0,50% Embraer (EMBR3) -0,28% -0,28%
Eletrobras (ELET3) +2,60% -1,81% Banco do Brasil (BBAS3) -0,26% -1,97%
Eletrobras (ELET6) +2,34% -0,71% Cemig (CMIG4) +3,05% +1,44%

E-BOOK GUIA COMPLETO PARA OBTER SUCESSO NOS INVESTIMENTOS EM AÇÕES NA BOLSA DE VALORES

SETOR BANCÁRIO SETOR SIDERÚRGICO
Ativo 15/08 16/08 Ativo 15/08 16/08
Itaú Unibanco (ITUB3) -0,69% +0,40% Usiminas (USIM3) +0,11% +0,53%
Santander (SANB11) -0,31% +0,47% CSN (CSNA3) -2,79% +1,94%
Bradesco (BBDC3) -0,84% +0,24% Gerdau (GGBR4) -4,25% +3,42%