Embraer registra primeiro lucro líquido trimestral desde o fim de 2017

A Embraer informou nesta quarta feira (14), que registrou um lucro líquido de R$ 26,1 milhões no segundo trimestre, após um prejuízo de R$ 485 milhões no mesmo período do ano anterior. Este é o primeiro lucro trimestral da Embraer desde o quarto trimestre de 2017.

Sem contabilizar os impostos diferidos e itens especiais, no entanto, a companhia ficou com prejuízo líquido ajustado de R$ 57,6 milhões, superando a perda de R$ 21,4 milhões observada no segundo trimestre de 2018. O prejuízo líquido ajustado no primeiro trimestre foi de R$ 287,5 milhões.

De modo geral, a Embraer espera terminar 2019 com prejuízo, assim como aconteceu em 2018.

Foram entregues pela Embraer 26 aeronaves comerciais e 25 executivas entre abril e junho, enquanto nos mesmos meses em 2018 foram entregues 8 jatos comerciais e 20 executivos. Com isso, a receita líquida da companhia teve crescimento de 19% na comparação anual, totalizando R$ 5,4 bilhões.

A posição de caixa da Embraer ao fim do segundo trimestre foi de R$ 9,49 bilhões e um total de financiamentos de R$ 13,67 bilhões, gerando uma dívida líquida de 4,17 bilhões.

Segundo a Embraer, as receitas de Serviços & Suporte cresceram 8,9% em relação ao ano anterior, para R$ 1,001 bilhão no trimestre, representando 18,5% da receita consolidada da companhia.

Os investidores estão monitorando a capacidade de obter lucros no futuro, após a venda de 80% da companhia para a Boeing por US$ 4,2 bilhões. A empresa gerada com a fusão se chamará Boeing Brasil Commercial.