JHSF emitirá R$ 120 milhões em debêntures simples para pagar CEPACs

A JHSF (JHSF3) aprovou uma emissão de debêntures simples em até R$ 120 milhões, com remuneração de 100% do CDI e prazo total de 10 anos.

De acordo com o recente fato relevante publicado pela companhia, seu Conselho de Administração aprovou que essas debêntures sejam utilizadas para lastrear emissão de Certificados de Recebíveis Imobiliários (“CRIs”) que serão integralmente subscritos por fundos geridos por parceiro usual da mesma.

Os recursos oriundos dos CRIs, por sua vez, serão usados para pagar o Certificados de Potencial Adicional de Construção (“CEPACs”), adquiridos em leilão realizado pela Prefeitura do Município de São Paulo.

Conforme explicitado no fato relevante, esses CEPACs já possuem destino e serão usados em imóvel que a companhia e permutantes formaram na Avenida Brigadeiro Faria Lima.

Esse imóvel está localizado bem próximo aos prédios onde funcionam os principais agentes do mercado financeiro brasileiro, um dos locais mais concorridos e valorizados de São Paulo, segundo informou a empresa.

Lá, a JHSF erguerá um empreendimento comercial de alto padrão com cerca de 12.800 m² de área comercializável.

Por fim, assim que o alvará de funcionamento para o empreendimento for obtido, os CRIs serão poderão ser resgatados e convertidos em participação no empreendimento, que será desenvolvido e gerido pela própria JHSF3, emissora dos respectivos debêntures simples.