Lucro da Ambev avança 22% no 4T19, para R$ 4,10 bilhões

lucro da Ambev (ABEV3) atribuído aos controladores teve um saldo positivo no 4º trimestre de 2019, de R$ 4,10 bilhões. Esse montante representa um salto de 22% quando comparado aos últimos três meses de 2018.

lucro líquido ajustado que exclui itens não recorrentes e é usado para comparação, cresceu 24,4%, para R$ 4,63 bilhões. Em contrapartida, a receita líquida da Ambev contraiu 1% entre outubro, novembro e dezembro, para R$ 15,86 bilhões.

Os custos de produtos vendidos cresceram 5,5%, para R$ 6,38 bilhões; o lucro bruto caiu 5%, para R$ 9,48 bilhões. Sobre as despesas operacionais totais, o avanço foi de 7,1%, para R$ 4,13 bilhões.

Por outro lado, as despesas financeiras líquidas caíram 6,2%, para R$ 1,56 bilhão. O lucro da Ambev antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado contraiu 9,3%, para R$ 6,92 bilhões.

Esse indicador ajustado é calculado excluindo participação de não controladores, despesa com imposto de renda, resultado financeiro líquido. Além disso, desconsidera-se a participação nos resultados de coligadas e subsidiárias, itens não recorrentes e despesas com depreciações e amortizações.

Além disso, o lucro da Ambev em 2019 foi de R$ 11,78 bilhões, + 7,1% em comparação com o resultado de 2018. No ano, a receita líquida cresceu 4,7%, para R$ 52,60 bilhões; o Ebitda ajustado recuou 2,5%, para R$ 21,15 bilhões.

Por fim, confira o press release da Ambev na íntegra.

Leia mais:

Aliança pelo Brasil; coronavírus puxa queda em valor de mercado e mais destaques de hoje

Empresas do Ibovespa perdem R$ 257 bilhões em valor de mercado na volta do Carnaval

Tesouro Direto tem saídas de R$ 958 milhões em janeiro

IPCA 2020: projeção cai pela 8ª vez seguida, para 3,20% e estimativa do dólar sobe a R$ 4,15