Lucro da Cosan soma R$ 418,3 mi e reverte prejuízo no 2T19

O lucro da Cosan (CSAN3) foi capaz de reverter e muito o prejuízo registrado no 2T18, de R$ 64,3 milhões.

De acordo com a empresa de infraestrutura e energia, o montante registrado neste segundo trimestre foi de R$ 418,3 milhões.

Já o lucro da Cosan antes de juros, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado somou R$ 1,18 bilhão, alta de 14,1%.

A moagem de cana da Raízen Energia ficará entre 61 milhões e 63 milhões de toneladas na temporada 2019/20.

Conforme publicação, a operação da joint venture da empresa com a Shell foi afetada pelas chuvas. Apesar disso, o resultado se mostra estável ante previsão anterior.

Sua produção de açúcar equivalente foi de 2,4 milhões de toneladas, indicando um recuo de 11% na comparação anual.

Segundo a empresa, seu foco é a maximização da produção do etanol (51% do mix da cana).

A Raízen energia teve Ebtida ajustado de R$ 402 milhões (-18% ante o mesmo período do ano passado), em função do menor volume próprio vendido de açúcar e bioenergia no período.

Ademais, a Raízen Combustíveis Brasil alcançou Ebitda ajustado de R$ 565 milhões, salto de +4,5% na comparação anual.

Clique aqui e confira na íntegra o Press Release da Cosan. Sua teleconferência de resultados acontecerá nesta terça-feira (13).