Lucro do Banco Inter contabiliza R$ 81,6 milhões em 2019 (+16,8%)

O lucro do Banco Inter (BIDI11) contabilizou R$ 81,6 milhões no acumulado de 2019, conforme mostrou seu press release.

De acordo com o documento publicado na noite de ontem (12), esse resultado representa um avanço de 16,8% ante 2018.

Apenas no último trimestre de 2019, o lucro do Banco Inter saltou 10,8%, totalizando o montante de R$ 24,7 milhões.

Para a administração da instituição monetária, a evolução do seu lucro está diretamente relacionada ao crescimento da base de clientes.

Ao final do ano passado, o Inter contava com 2,3 milhões clientes ativos, isto é, +169% na comparação com 2018.

No geral, o custo de aquisição de clientes (CAC) médio foi R$ 22,52 no ano. Apenas em dezembro, o CAC chegou a R$ 25,36 (+26,5% na passagem anual) por cliente.

O banco revela que o aumento no CAC reflete o salto dos gastos operacionais com sistemas de abertura de conta.

Esses sistemas compreendem a nova ferramenta de geolocalização e emissão e distribuição dos cartões contactless para a base de clientes.

Além disso, o Banco Inter destacou seus esforços em diversificar os produtos e serviços oferecidos a sua base de clientes.

Assim também, as receitas de operações de crédito contribuíram para a expansão do lucro reportado, mostrando um crescimento de 15,2%.

Seu retorno sobre o patrimônio líquido médio anualizado (ROAE) contraiu 1,7 ponto percentual na comparação com 2018, chegando a 5,6%.

Por fim, o Índice de Eficiência do Banco Inter atingiu 71,1% no quarto trimestre, isto é, um recuo de 4,1 pontos percentuais na comparação com o trimestre anterior. Para o banco, a contração desse indicador reflete especialmente o salto das receitas de prestação de serviços.

Acesse o Relatório Gerencial e Demonstrações Financeiras 4T19 do Banco Inter.