Oi vende sua participação na Unitel para o Grupo Sonangol por US$1 bilhão

A Oi fechou a venda de sua participação de 25% na empresa de telecomunicações Unitel para o Grupo Sonangol da Angola, pela quantia de US$1 bilhão.

Segundo matéria do jornal O Globo, o Grupo depositará à companhia brasileira US$750 milhões amanhã e pagarão restante em até 90 dias.

Os recursos vão ingressar direto no caixa da Oi e serão utilizados em diversas finalidades como quitação de parte das dívidas, investimento nas operações da empresa, etc.

A gigante de telecomunicações do Brasil vem enfrentando um processo de recuperação judicial desde 2016 e ainda está obtendo prejuízos em meio ao avanço da concorrência no setor.

A conclusão desta venda é apenas uma parte das transações que estão por vir e devem deixar a Oi mais confortável para concentrar esforços em sua operação, conforme analisou o Bradesco BBI.

O banco citou que a companhia poderá arrecadar cerca de R$8 bilhões até o final do primeiro trimestre, somando a venda dos 25% na Unitel, um empréstimo-ponte de aproximadamente R$2,5 bilhões e a venda de ativos, como centro de dados, torres e imóveis.

Posteriormente, o empréstimo poderá ser convertido em emissão de títulos, facilitando o pagamento e a negociação dos valores junto aos credores.

Os analistas do Bradesco BBI também vislumbram a possibilidade da Oi vender parte dos negócios de telefonia móvel ainda neste semestre, apesar de uma transação como esta demorar de 18 a 24 meses para ser concluída.

Na sessão de hoje, as ações ordinárias da Oi (OIBR3) subiram 9,18%, fechando na cotação de R$1,07.