Petrobras estuda fazer IPO de sua participação na Gaspetro em 2020

A Petrobras (PETR3/ PETR4) estuda vender a sua participação nas distribuidoras de gás natural através da realização de uma oferta pública inicial de ações (IPO) da Gaspetro, a empresa que concentra estes ativos.

Segundo o presidente da estatal, Roberto Castello Branco, a intenção é promover o desinvestimento no segundo semestre de 2020.

“Nossa expectativa é que seja possível realizar essa transação no segundo semestre do próximo ano. Vamos definitivamente sair do negócio de distribuição” – afirmou o executivo aos jornalistas.

Em conjunto com o grupo japonês Mitsui, a Petroleira detém cerca de 51% das ações da Gaspetro, dos quais, pretende se desfazer completamente utilizando o mecanismo de negociações oferecido pelo mercado de capitais.

Castello Branco também explicou que as distribuidoras de gás em fase pré-operacional poderão ser desmembradas e vendidas por outro modelo que atenda aos objetivos.

Em relação ao Comperj, o executivo esclareceu que consta no plano de negócios 2020-2024, divulgado na semana passada, a construção de uma unidade de produção de lubrificantes no complexo.

Além disso, é provável que a região seja contemplada com a construção de outras usinas termelétricas, pois, há um memorando de entendimentos firmados com a norueguesa Equinor, embora o projeto ainda não esteja no cronograma.