Renner poderá pagar dividendos de 50% sobre o lucro de 2019

O conselho de administração das Lojas Renner (LREN3) propôs elevar o pagamento de dividendos e juros sobre o capital próprio de 40% para 50% dos resultados líquidos apurados em 2019.

Entre 2009 e 2012, a gigante do setor de vestuário pagou em torno de 75% do lucro reportado no exercício, reduzindo para 30% e 40% entre 2013 e 2018.

Agora, administração da companhia está determinada a aumentar a remuneração dos acionistas, aproveitando o bom momento do mercado brasileiro.

O assunto será decidido durante a próxima Assembleia Geral Ordinária (AGO), que está prevista para ser realizada dia 16 de abril deste ano.

A Renner vem apresentando um crescimento sólido nas vendas e em participação no varejo, por isso, as projeções evidenciam um avanço exponencial nos lucros em 2020.

Se definitivamente aprovada, a medida poderá servir de impulso adicional para as ações da companhia valorizarem no curto prazo, tendo em vista o cenário positivo de recuperação econômica, que se reflete na aceleração do consumo.