Rumo cresce 47,6% e reporta lucro de R$203 milhões no 4º trimestre

A empresa de logística Rumo (RAIL3) divulgou os resultados corporativos do quarto trimestre, reportando um lucro líquido de R$203 milhões.

A cifra equivale a um crescimento de 47,6% em relação ao mesmo período de 2018, que foi impulsionado pela reversão dos resultados positivos nas linhas de imposto de renda e receitas operacionais.

De outubro a dezembro, a receita líquida subiu 1,1%, alcançando R$1,66 bilhão e o Ebitda (lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) totalizou R$897 milhões, com um aumento de 13,6% na base anual.

Do ponto de vista operacional, a operadora logística expandiu 0,4% o volume transportado, somando 14,997 bilhões de toneladas por quilômetro útil (TKU).

Em 2019, o lucro líquido saltou 187,9%, para R$786 milhões e a receita líquida subiu 7,6%, no total de R$7,09 bilhões.

O volume transportado anualmente pela companhia avançou cerca de 6,6%, atingindo 60,1 bilhões de TKU e o total investido ficou em R$2,02 bilhões, em linha com o montante aplicado em 2018.

Segundo a Rumo, as projeções para 2020 indicam que o TKU deve ficar entre 64 e 68 bilhões e os investimentos deverão ultrapassar os R$2,6 bilhões, já inclusos os gastos com a malha central.

Não obstante os cenários promissores, a empresa reconheceu que o comércio de grãos poderá sofrer alguma volatilidade devido às turbulências internacionais.

Na sessão de hoje, as ações da Rumo (RAIL3) recuaram 3,28%, fechando na cotação de R$23,02.