TIM surpreende com lucro bilionário no 3º trimestre

A operadora de telecomunicações TIM Participações divulgou nesta terça-feira (6) um lucro líquido excepcional de 1,338 bilhão de reais referente ao 3º trimestre de 2018, número que equivale a mais de 379,3% superior ao lucro líquido apurado no mesmo período do ano anterior, quando a operadora lucrou R$ 279 milhões.

O comparativo desses valores revela um crédito fiscal de R$ 950 milhões. Em relação ao 2º trimestre de 2018, houve um crescimento de 298,54%. Enquanto isso, a receita líquida da companhia aumentou 3,87% de um ano para o outro, passando de R$ 4.08 bilhões para R$ 4.24 bilhões.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) reportado da companhia ficou em R$ 1,657 bilhão no trimestre, alta de 8,6% e faz desse trimestre o nono seguido de avanço. A margem desse indicador ficou em 38,9% no trimestre, ante 37,4% registrado no ano anterior.

No critério normalizado que desconsidera efeitos extraordinários do cálculo, como o crédito fiscal relativo à incorporação da TIM Celular finalizada no final de outubro deste ano, o lucro do 3º trimestre foi de R$ 388 milhões, caracterizando ainda um considerável avanço de 38,9%.

Em nove meses, neste mesmo critério, o lucro da TIM é de R$ 974 milhões e implica em um crescimento sólido de 54,1%.

No encerramento do 3º trimestre, a dívida líquida fechou em R$ 1.08 bilhão, queda de 49,18% ante os R$ 2.12 bilhões de 2017, enquanto os ativos totais da companhia totalizaram R$ 30.78 bilhões no 3º trimestre de 2018, soma 3,73% menor que o saldo de R$ 31.97 bilhões registrado no encerramento do 3º trimestre de 2018.

Esses números também refletiram na expansão de 9,64% do patrimônio líquido da companhia, quando feito uma comparação dos valores contábeis de todos os sócios no ato do fechamento do 3º trimestre de 2018 (R$ 19.55 bilhões) com a mesma data em 2017 (R$ 17.83 bilhões).

A evolução da Tim nos últimos 12 meses

No que diz respeito ao resultado financeiro da Tim, relaciona-se todas as suas companhias subsidiárias (empresas controladas, de maneira direta ou indireta, pela companhia) para apontar um acúmulo de R$ 2.52 bilhões nos últimos 12 meses, quando contemplado o período entre o 4º trimestre de 2017 e o 3º trimestre de 2018.

Esse valor é 103,91% superior ao lucro líquido apurado na soma dos quatro trimestres do ano anterior (R$ 1.23 bilhão). Já a receita líquida da companhia aumentou 3,37% entre o acumulado do último ano (R$ 16.23 bilhões) e o acumulado dos últimos doze meses (R$ 16.78 bilhões).

Para ter acesso ao balanço financeiro desta companhia, basta acessar este link.

Leia também:

Lucro da Comgás cresce 36,7% no 3º trimestre e chega a R$ 293 milhões

A divulgação dos resultados trimestrais da companhias promete agitar o mercado local