Vale eleva o nível de alerta da barragem em Barão de Cocais/MG

A Vale (VALE3) subiu o nível de alerta da Barragem Sul Inferior da Mina de Gongo Soco, em Barão de Cocais, que já apresentava sinais de instabilidade desde o ano passado.

A mineradora alegou que a medida representa uma precaução devido às fortes chuvas no estado, que aumentaram consideravelmente o nível de água da barragem.

Em decorrência dos temporais dos últimos dias, Minas já registrou 44 mortes e 911 desabrigados, fora as 2.620 pessoas temporariamente desalojadas em função dos alagamentos.

Em comunicado, a companhia informou que as chuvas ocasionaram uma erosão na parte interna do reservatório da estrutura, que se mantém estável, mas está sendo monitorada em tempo real.

O acionamento do nível 2 do Plano de Ação de Emergência para a região representa apenas uma prevenção, já que as medições mostraram que a movimentação dentro da barragem está acontecendo em parâmetros normais.

Segundo a Vale, “a Sul Inferior é uma barragem de contenção de sedimentos, construída em etapa única, considerado um dos métodos construtivos mais seguros”.

A mineradora também explicou que houve um reforço “do número de equipes de campo em prontidão para eventuais situações de emergência”.