Balanços Corporativos confirmam ótimo momento para investir na Bolsa

A Bolsa brasileira (B3) divulgou os resultados apurados no mês de outubro, confirmando um excelente desempenho para um período, que também foi de bonança aos balanços corporativos. O segmento Bovespa, que representa o mercado à vista de ações e derivativos sobre ações, teve um aumento de 66,4% no volume financeiro médio diário em relação ao mesmo período do ano anterior, apurando o montante de R$17,002 bilhões. Quando comparado ao mês de setembro, a alta para este segmento foi ainda maior, chegando a 77%, em uma grande aposta do mercado no “rali” das eleições.

As empresas que possuem ações negociadas na Bolsa tiveram capitalização de mercado média de R$3,412 trilhões no período sob análise, mostrando um crescimento amplo de 7,6% sobre o que foi registrado em setembro de 2018 e 8,3% sobre outubro de 2017.

O segmento BM&F, de derivativos financeiros e de mercadorias listadas, registrou um volume médio diário de 4,200 milhões de contratos durante o mês, evidenciando uma alta de 31,9% em relação a setembro de 2018 e 29,7% em relação a outubro de 2017.

O segmento Cetip UTVM, de títulos e valores mobiliários, negociou um volume financeiro de R$896,4 bilhões na renda fixa, manifestando um aumento de 25,6% em comparação com o mesmo mês de 2017. Os derivativos de balcão e operações estruturadas também aumentaram 18,3% em relação a outubro do ano passado e 8% comparado a setembro, fechando com um montante de R$640,2 bilhões.

O número de investidores ativos na Bolsa alcançou 787.952 mil pessoas em outubro de 2018, indicando um crescimento anual de 24,7%, que foi possível graças à apuração de bons resultados corporativos. E a projeção para 2019 é elevar ainda mais esses resultados, considerando as políticas do novo governo, que pretendem expandir o mercado brasileiro.

Nunca na história do Brasil se viu um momento tão oportuno para investir na Bolsa de valores. Por isso, nós do time do Fast Trade e do Fast Markets nos juntamos com os especialistas da Levante Ideias de Investimentos para detalhar os 5 excelentes motivos para você se tornar um investidor da Bolsa agora mesmo! De maneira simples e inteligente, o material mostra um panorama completo sobre a atual conjuntura econômica e ilustra as expectativas do mercado para o ano que vem.

Aproveite e faça o download do infográfico gratuitamente! Não perca a oportunidade de ter sucesso nos seus investimentos, porque este é o momento certo para potencializá-los.

Balanços Corporativos

CEMIG – A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) apurou um lucro líquido de R$95,3 milhões no terceiro trimestre de 2018, superando o prejuízo de R$83,6 milhões apresentado no mesmo período do ano passado. O aumento de 0,99% nas vendas totais de energia resultou em uma receita de R$6,1 bilhões e um crescimento de 17,5% no trimestre. A estatal elevou de R$100,6 milhões para R$682,3 milhões o seu resultado antes dos juros, impostos, depreciação e amortização (Ebtida), demonstrando o imenso potencial da companhia.

PARANÁ BANCO – O Paraná Banco divulgou seu balanço apresentando um lucro líquido de R$53,5 milhões no terceiro trimestre de 2018. O saldo foi 28,6% menor do que o apurado no ano passado e o resultado bruto da intermediação financeira teve queda de 2,9%, chegando a R$128,1 milhões. Sua carteira de crédito também recuou aproximadamente 7,6% no ano, chegando a R$3,416 bilhões e o índice de inadimplência dos seus clientes aumentou para 4,3%.

BANPARÁ – O Banco do Estado do Pará informou ao mercado um lucro líquido de R$81,469 milhões no terceiro trimestre de 2018, em um crescimento de 35,2% quando comparado ao mesmo período do ano passado. O resultado bruto da intermediação financeira registrou alta de 9,3%, chegando a R$316,579 milhões. Sua carteira de crédito expandiu cerca de 9%, alcançando o valor de R$4,266 bilhões.

BOMBRIL – A companhia de produtos de Limpeza Bombril reportou um lucro líquido de R$129,4 milhões no terceiro trimestre de 2018, representando um aumento de três vezes o valor do mesmo período do ano passado, de R$39,3 milhões. O resultado financeiro foi positivo de R$137 milhões e a receita líquida apurada alcançou o valor de R$285,8 milhões, em alta de 1,3%. Embora o volume de vendas no período tenha caído cerca de 1,6%, a empresa teve um bom desempenho global.

BANCO MERCANTIL – O Banco Mercantil do Brasil apresentou um lucro líquido de R$11,862 milhões no terceiro trimestre de 2018, mostrando um crescimento de 2.164% sobre o lucro de R$524 mil, informado no mesmo período de 2017. O resultado bruto da intermediação financeira subiu 5,1%, chegando a R$267,162 milhões e a receita de prestação de serviços registrou alta de 3,4%, totalizando R$65.042 milhões.

Baixe o E-book O Guia Completo de Como Ter Sucesso Nas Operações de Day Trade