Passo a passo: aprenda como investir em dividendos para ter sucesso

Saber como investir em dividendos, na busca por uma renda mensal, é um dos principais ensinamentos a serem aprendidos por investidores de diferentes perfis e níveis de experiência. Mas afinal de contas, o que é esse termo?

De modo simples, podemos dizer que os dividendos correspondem a uma parcela do lucro obtido por uma empresa em determinado período e que é pago a seus acionistas, de acordo com as regras estabelecidas no contrato firmado.

Companhias consolidadas no mercado realizam esse pagamento periodicamente a seus acionistas, sendo isso, inclusive, um atrativo para atrair novos investidores. Para ajudar você a entender melhor o assunto, vamos falar do tema neste artigo e esclarecer dúvidas a respeito do seu pagamento. Para se informar, continue a leitura e confira.

Como funciona o processo de investimentos em dividendos?

Quando uma empresa vende ações no mercado financeiro e um investidor compra esses ativos, na prática, o comprador está se tornando sócio desse empreendimento. Essa participação na sociedade está relacionada ao número de ações adquiridas.

Uma vez que ocorre a compra de ações, de tempos em tempos, as empresas precisam fazer a repartição dos lucros obtidos pela organização em determinado período. Esse pagamento, assim como sua periodicidade, depende do local, e pode ocorrer em dinheiro ou em novas ações, aumentando assim a participação do investidor.

Existem também os pagamentos especiais, chamados de dividendos one-time, que ocorrem quando a empresa registra algum lucro extra, como pela venda de parte de seu negócio, entre outros exemplos.

Como fazer o cálculo de dividendos?

O cálculo de rentabilidade pode ser feito a partir do número de ações ou por porcentagem. Por exemplo, uma pessoa que possui 300 ações em um negócio, sendo que cada ativo gera o valor de pagamento de R$ 3,00. Para saber quanto custa essas ações, basta multiplicar a sua quantidade pelo valor, dando o total de R$ 900,00, nesse caso.

Já se o pagamento for por porcentagem, com o mesmo exemplo de 300 ações, mas que custam R$ 30,00 cada. Nesse caso o valor do dividendo será de 3% do valor das ações. O cálculo nesse caso seria: percentual do dividendo x valor das ações x número de ações, com o total de R$ 270,00.

Quais são os passos para se investir em dividendos?

Para ter sucesso investindo em dividendos é indicado seguir uma série de recomendações e se atentar a alguns detalhes importantes. Confira alguns deles, a seguir.

Monte sua carteira

Montar uma boa carteira de ativos é um passo importante para quem planeja obter bons rendimentos com o pagamento de dividendos. O indicado é estudar as empresas e escolher opções que sejam consolidadas e ofereçam bons retornos.

Outro ponto a ser observado é a necessidade de diversificação, uma vez que uma carteira com investimentos de diferentes perfis proporciona um equilíbrio interessante entre segurança de pagamento e melhores níveis de rentabilidade.

Conheça o histórico de pagamentos da empresa

O histórico de pagamentos é um modo eficaz do investidor analisar com que frequência a organização costuma distribuir os lucros por meio dos dividendos. Como a periodicidade varia, o ideal é fazer uma pesquisa antes de fechar negócio.

O desafio, nesse caso, é encontrar ações que paguem bons dividendos, contudo, essa escolha exige estudo, análise certeira do mercado e interpretação correta dos cenários apresentados por eles e suas expectativas.

Saiba o que é data do registro, de declaração e de ex-dividendo

Entender alguns conceitos é essencial quando se trata esse assunto. Simplificadamente, eles têm os seguintes significados:

  • data de registro: é o dia em que a empresa registra quais acionistas recebem os dividendos e faz o envio dos relatórios, informativos e procurações;
  • data de declaração: momento em que o conselho diretor do empreendimento anuncia o pagamento de dividendos.
  • data de ex-dividendo: definida pela Bolsa de Valores, é a data usada para definir quem vai receber o dividendo de determinada organização. O investidor que comprar ativos até esse dia recebe a parcela de lucros, porém, se a compra for depois dela, o pagamento vai para o novo comprador.

Invista com base em indicadores

Os indicadores fornecem informações importantes e decisivas para a tomada de decisões, sendo assim, é indicado fazer uma leitura atenta dos dados disponibilizados por eles e considerar essas informações na hora de agir.

Uma base de dados confiável é um diferencial relevante para quem deseja investir com sucesso em dividendos, uma vez que um erro de análise pode resultar em perdas financeiras.

Planeje a carteira para longo prazo

Quem deseja obter bons retornos com investimentos, deve planejar uma carteira de longo prazo, afinal, se o plano é garantir um futuro financeiramente tranquilo, é preciso pensar com estratégia e considerar as possibilidades de riscos futuros.

Reinvista os ganhos

Para fazer o dinheiro render cada vez mais, é aconselhável reinvestir os ganhos com visão e perspicácia. Para isso, o investidor pode optar por novas empresas para buscar outras fontes de renda ou aumentar sua participação nos lucros. O importante é construir gradativamente um grupo de fontes de renda, sempre se lembrando de considerar os riscos envolvidos em cada escolha.

É possível viver com a renda do pagamento de dividendos?

A resposta é sim, uma vez que existem pessoas que vivem somente da renda gerada por dividendos. Entretanto, é preciso ser realista e entender que, no geral, tratam-se de investidores experientes, que entendem profundamente o funcionamento do mercado e, por isso, sabem como obter alta lucratividade e principalmente evitar perdas.

Logicamente, é importante também se inspirar em histórias de sucesso e absorver o que for relevante, no entanto, analisar os cenários atuais e, a partir dessa leitura, traçar uma estratégia inteligente, eficaz e com riscos minimizados é outra boa estratégia.

Assim, quanto mais conhecimento o investidor acumular, melhores serão as decisões tomadas e, consequentemente, os resultados delas. Para obter informações, é indicado a leitura de livros, artigos, revistas, cursos online, vídeos e outros modos de aperfeiçoar os conhecimentos.

Agora que você já sabe como investir em dividendos, assim como as possibilidades e vantagens que esse tipo de investimento pode desenvolver, é preciso montar um bom planejamento e formar uma carteira de ativos, que possibilite obter bons rendimentos. Como visto, existem pessoas que vivem somente dessa renda, porém, não existem fórmulas mágicas no mercado. Por isso, para atingir esse patamar é preciso dedicação, conhecimento e estratégia.

Gostou do nosso artigo? Então siga nossas páginas no FacebookInstagramTwitter e Youtube e fique por dentro de todas as novidades.

Leave a Reply

Your email address will not be published.