Entenda a importância da organização financeira pessoal

Manter as finanças sob controle é uma dica mais valiosa, uma vez que alcançar o sucesso exige determinação e disciplina não só nos investimentos realizados, mas também no cotidiano. Acontece que ter organização financeira pessoal nem sempre é uma tarefa fácil de ser executada, sendo necessária atenção especial para não ficar no vermelho.

Tão importante quanto ter uma visão estratégica e fazer uma leitura perspicaz dos cenários e de suas oportunidades, é saber administrar os resultados alcançados, a fim de potencializar os ganhos e minimizar os erros. Diante disso, é fundamental que se adote um planejamento não só de suas ações profissionais, mas também no seu orçamento mensal.

Neste post, falaremos sobre o tema e mostraremos a importância da organização pessoal para manter os gastos dentro do planejado. Continue a leitura!

Por que a organização financeira pessoal é importante?

Manter as contas em dia é fundamental para quem almeja o sucesso, uma vez que finanças desequilibradas geram prejuízos financeiros, que fazem com que as contas saiam do controle e contribuem para o comprometimento do orçamento mensal e tão temido endividamento.

Para evitar essa situação, o ideal é manter as finanças em ordem, o que pode ser feito a partir de uma estruturação financeira eficaz. Uma das dicas é colocar no papel todas as despesas fixas e variáveis, além dos ganhos, e adotar um comportamento de consumo compatível com seus rendimentos mensais.

Outro ponto importante é buscar o controle emocional, a fim de evitar as compras por impulso, que podem fazer com que os gastos saiam do planejado. Também é indicado ter e manter a disciplina e gastar somente o que for necessário.

Quais os benefícios da organização financeira pessoal?

A organização financeira traz uma série de benefícios, pois garante uma relação mais saudável dele com o próprio dinheiro, além de promover um consumo consciente e sustentável. Outra grande vantagem é que, com o controle das finanças, é possível economizar e planejar melhor os investimentos, as compras de bens e as viagens de férias, entre outros objetivos. Entre os benefícios da organização financeira, estão:

  • conhecimento total sobre sua real situação financeira e, a partir disso, suas possibilidades;
  • maior rapidez para alcançar objetivos financeiros;
  • maior autoconhecimento e controle sobre seus hábitos;
  • controle sobre as suas dívidas, a fim de ter uma boa relação com o dinheiro e não viver em função dele, mas usá-lo para promover qualidade de vida;
  • possibilidade de se planejar sempre que surgir a necessidade de fazer empréstimo ou outro tipo de endividamento, para que o impacto seja minimizado;
  • poupança e/ou fundo emergencial para lidar melhor com eventualidades e gastos inesperados;
  • desenvolvimento do hábito de poupar.

Como organizar sua vida financeira?

Saber como organizar as finanças pessoais pode parecer muito complicado em um primeiro momento, porém, com disciplina e determinação, é possível ser bem-sucedido, sem grandes sacrifícios. Quando se tem uma família, esse desafio deve ser entendido e executado por todos os membros, uma vez que a falta de comprometimento de um pode colocar em risco o planejamento de todos os demais.

Para organizar as finanças pessoais, podem ser adotadas as seguintes medidas:

  • faça uma planilha com todas as despesas: ajuda a ter uma ideia de todos os gastos pessoais;
  • use um programa ou aplicativo de controle de gastos para mapear todos os gastos com facilidade e rapidez;
  • identifique gastos supérfluos e priorize somente o que for fundamental;
  • estabeleça metas mensais de economia e investimento;
  • tenha um planejamento financeiro de médio e longo prazo;
  • mantenha a disciplina.
  • caso aconteça algum deslize no que foi planejado, tente compensar nos próximos meses.

A educação financeira é o caminho para alcançar objetivos importantes. Por isso, é fundamental que ela seja aprendida e aplicada desde cedo — afinal, lidar bem com dinheiro ajuda a ter uma vida mais saudável e feliz. Se essa relação acontece de maneira harmoniosa, situações de estresse e preocupação podem ser evitadas, além do que é possível atingir as metas traçadas, aumentando a satisfação pessoal.

Quando se trata de famílias, é preciso levar em consideração os gastos dos filhos, sejam crianças ou adolescentes, já que eles também precisam estar envolvidos com o projeto e devem colaborar para o sucesso de todos. Outro ponto relevante é ter uma relação pautada na confiança, em que todos os gastos sejam comunicados e anotados na planilha.

Com esse tipo de atitude, é possível ter a real noção do quanto se gasta e identificar pontos que podem ser reavaliados, diminuídos ou, até mesmo, cortados em prol de um objetivo maior, como a concretização de um sonho ou algum projeto de longo prazo.

Quais as consequências negativas da desorganização financeira?

Não ter planejamento financeiro pode custar caro, uma vez que, sem a devida organização, se corre um sério risco de tomar decisões sem conhecimento sobre a real situação financeira pessoal ou familiar. Uma das consequências negativas dessa postura é o aumento das dívidas, que, quando atrasadas, geram altos juros, comprometendo cada vez mais o orçamento mensal.

Outra grande desvantagem é a maior dificuldade em obter crédito, caso seja necessário, uma vez que, com o nome sujo, o mercado tende a dificultar a aprovação desse tipo de operação, além do que a inadimplência pode fazer com que os juros sejam ainda mais altos quando comparados a pessoas sem restrições financeiras.

Para quem já perdeu o controle, a dica é manter o foco em colocar as contas em ordem assim que for possível e, principalmente, evitar fazer novas dívidas, que podem comprometer ainda mais as finanças. O importante é ter consciência de que tão relevante quanto ganhar dinheiro e usá-lo com equilíbrio para que os rendimentos sejam suficientes para cobrir os custos e, sempre que possível, ainda economizar e investir.

E aí, gostou das nossas dicas sobre a importância da organização financeira pessoal? Com foco e estratégia, é possível estabelecer um planejamento capaz de trazer bons resultados e, consequentemente, aumentar os ganhos tanto na vida profissional quanto na pessoal.

Para saber mais sobre o assunto e receber novidades exclusivas sobre o mercado e nossas soluções, assine nossa newsletter e fique por dentro de tudo!