É possível viver de dividendos. Descubra como!

Viver de dividendos e rendimentos é o sonho de todo investidor. Muitos ainda não acreditam que isso seja realmente possível, enquanto outros já descobriram que há um caminho para essa realidade. Ter a segurança de que o fruto das aplicações será o suficiente para se manter e ainda continuar investindo é um grande objetivo, mas que precisa de esforços para ser alcançado.

É, sim, viável viver do que há como retorno dos seus movimentos ao negociar ativos e ser dono de ações de grandes companhias. No entanto, para chegar a esse patamar, é importante se manter dentro de bons hábitos financeiros e ter um planejamento de primeira! Um investidor que sabe onde pisa e toma decisões acertadas se aproxima dessa realidade rapidamente.

A seguir, veja algumas dicas que vão preparar você para, literalmente, viver de dividendos e dos rendimentos das suas negociações de ativos. Confira!

Faça um bom planejamento financeiro

Pecar na hora de planejar as finanças pode ser o “pequeno” detalhe que deixará um investidor distante da realidade de viver de dividendos. Essa organização se divide em duas etapas: antecipadamente, para garantir capital suficiente para aplicar e, posteriormente, quando os dividendos já são uma realidade e precisam gerar capital para reinvestir em ações.

Um dos grandes deslizes dos investidores é não saber separar o dinheiro para seus custos e despesas pessoais daqueles valores que são dedicados às aplicações.

Misturar esses dois orçamentos pode ser perigoso. O risco é colocar a vida pessoal em problemas, quando não há o entendimento do que é dedicado exclusivamente a investimentos e o que é para despesas.

Quando os rendimentos já são altos, seja por dividendos, seja no rendimento de negociação de ações, toda organização se faz necessária. O planejamento financeiro vai ajudar a manter um capital de giro dedicado à compra de novos ativos para que as operações sigam. Além disso, parte desse capital deve ser integrado ao patrimônio pessoal, também para o custo de vida do investidor.

Tenha um objetivo com o investimento

Quando se parte de um ponto sabendo onde se quer chegar, certamente você estará mais bem preparado. Investimentos podem sim ser iniciados pela simples razão de querer aumentar os rendimentos, mas, geralmente, esse desejo é motivado por algo.

Seja a compra de um imóvel, o acúmulo de patrimônio para a aposentadoria ou, simplesmente, viver de dividendos. Esse grande objetivo precisa ser mais do que somente um fator motivacional nas operações com ações.

É preciso transformar isso em metas traduzidas em números, já que o tempo todo você vai precisar lidar com resultados, independentemente se são lucros ou perdas. Quando se tem um objetivo concreto, fica mais fácil planejar cada passo que será dado em direção a ele.

Por isso, se você quer viver do que lucra com as ações que detém ou negocia, imponha metas financeiras, seja em relação ao acúmulo de patrimônio, seja sobre ganhos conquistados.

Divida essas metas em períodos, como meses, trimestres, semestres e anos. Esse controle é o planejamento mais indicado para que seja possível viver do que você recebe das ações.

Diversifique a carteira de investimentos

Seja por insegurança, seja por falta de informação, ainda há muitos investidores que não mantêm uma carteira de investimentos devidamente diversificada.

Não conhecer as melhores ações ou ter medo de pisar em terrenos desconhecidos definitivamente não pode travar seus ganhos. Para fugir dessa possibilidade, a informação e o estudo são os melhores caminhos ao investidor.

É fundamental se aprofundar sobre quais ações de grandes empresas costumam oferecer bons valores de dividendos a quem detém seus papéis. Investidores mais experientes têm essa informação por conta do tempo de aplicação, mas é possível buscar informações, trocar ideias com outros traders e conhecer mais opções que ajudem a diversificar e aprofundar a sua carteira.

Atente-se também ao mês de pagamento que essas ações têm! Elas costumam entregar os rendimentos de seus dividendos em diferentes períodos no ano.

Dessa forma, se você tem aplicações diversas e com pagamentos ao longo de todo ano, certamente garante entrada regular de capital, quase como um salário. É um dos caminhos para viver de dividendos!

Seja um investidor menos conservador

Naturalmente, há diferentes perfis de investidores. Enquanto uns preferem o risco para ganhar mais, outros optam pela segurança de evitar perdas, ainda que isso signifique rendimentos menores.

No entanto, o investidor conservador pode estar longe do objetivo de viver do que recebe de suas ações. Essa é uma realidade muito difícil na renda fixa, a não ser na aposentadoria da previdência privada.

Se você é um investidor conservador e quer viver de dividendos, repense profundamente a sua relação com as aplicações. Não é errado querer minimizar ao máximo os riscos de perdas, já que essa é apenas mais uma das possíveis estratégias de investimentos. No entanto, quando isso é prioridade, geralmente não se torna viável operar com as ações mais rentáveis do mercado.

Se o seu objetivo é ter rendimentos consideráveis mensalmente provenientes de dividendos ou do rendimento da venda de ativos, o ideal é flexibilizar sua atuação.

Seja, gradativamente, menos conservador, começando pela diversificação de ativos. É possível manter investimentos de renda fixa seguros, mas é fundamental mesclá-los com a renda variável, que traz ganhos maiores.

Aposte nos juros compostos

Com planejamento e um capital dedicado sem pressa, pode-se aproveitar a possibilidade de juros sobre juros, uma das características mais atrativas de alguns investimentos.

O funcionamento é simples: algumas ações pagam juros sobre juros se o investidor não retirar o seu lucro, deixando esses valores aplicados por mais tempo naquele ativo.

Para a empresa que oferece a ação, isso se torna vantajoso pelo fato de que ela não precisa pagar valores naquele momento exato em que os dividendos são distribuídos. Reter esse rendimento é importante, já que ela precisa de capital para exercer suas atividades. Em troca, são oferecidos juros a mais sobre o que já era o rendimento do investidor.

Nessa relação de benefícios mútuos, o investidor consegue ser premiado por não retirar o dinheiro, em um esquema em que quanto mais tempo deixa seu rendimento aplicado, mais ganha.

No entanto, para isso, é preciso aplicar quantias que não impactarão as finanças a longo prazo, pois só com o tempo os juros sobre juros se fazem realmente muito vantajosos!

É possível viver de dividendos, desde que o investidor se planeje e, principalmente, saiba gerir as suas aplicações em ações. Expertise é fundamental, mas informações e pesquisas também são o início do caminho de quem quer chegar a esse objetivo!

Fast Trade

A Fast Trade é uma plataforma diferenciada, que oferece diversos recursos para melhorar os resultados de traders de diferentes perfis e tempo de atuação. Com o uso do Fast Trade, é possível montar estudos, analisar gráficos e aprofundar-se com eficiência no cotidiano da Bolsa de Valores e em suas modificações constantes.

Veja alguns dos benefícios trazidos por essa plataforma:

  • simulador de investimentos;
  • estudos gráficos;
  • ferramentas de análises;
  • feed de dados mais utilizado no Brasil;
  • acompanhamento em tempo real;
  • tape reading;
  • cotações Internacionais (CFDs) e mais.

Agora que você já conhece alguns dos principais fatores presentes na vida de trader, pode entender melhor esse universo e melhorar o desempenho de seus negócios. Atuar no mercado financeiro exige dedicação, conhecimento e visão estratégica, sendo assim, é essencial se manter bem informado e atento.

Se quiser otimizar os resultados e aumentar seu repertório sobre o assunto, convidamos você a fazer o download da plataforma Fast Trade e começar a operar de forma rápida e segura.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre o scalper trader, queremos saber a sua opinião. Deixe seu recado, sugestão ou dúvida, é um prazer receber o seu comentário!

Siga nossas redes sociais e continue acompanhando mais assuntos sobre investimentos e operação! Facebook | YouTube | Instagram | Twitter