Bolsas da Europa fecham em alta, mas nova decisão do Brexit empurra a praça britânica

A maiorias da Bolsas da Europa fecharam o pregão desta quinta-feira (11), em alta, exceto a bolsa de Londres, devido à baixa econômica mundial e necessidade dos investidores deste mercado de um tempo para analisar a situação e digerir que o Reino Unido terá mais um tempo para organizar as propostas de acordo com a União Europeia.

Manual do Imposto de Renda para Investidores

O índice pan-europeu Stoxx 600 teve alta de 0,06% e fechou o dia com 386,91 pontos. Em Londres, o FTSE 100 perdeu 0,61% e registrou 7.417,95 pontos e o francês CAC 40 marcou alta de 0,66% a 5.485,72 pontos.

Após o resultado de ontem, o FTSE Mib, de Milão, subiu 0,06%, marcando 21.684,84 pontos. O espanhol Ibex 35, de Madri, avançou 0,41%, a 9.445,40 pontos, enquanto o PSI 20, em Lisboa, crescimento de 0,36%, com 5.344,12 pontos. Em Bruxelas, o BEL 20 subiu 0,78% indo a 3.807,74 pontos e o DAX, em Frankfurt, alavancou 0,25% a 11.935,20 pontos.

A bruxa continua a solta, e o Reino Unido concordou em estender o prazo final para o Brexit para até o dia 31 de outubro. Continua estabelecido que se um acordo acontecer antes a saída poderá ocorrer antes desta data. A notícia de extensão da deadline para o divórcio, sobretudo, esquentou ações do setor de turismo, principalmente de companhias aéreas, como a International Consolidated Airlines Group que subiu 5,90%.

Baixe o E-book O Guia Completo de Como Ter Sucesso Nas Operações de Day Trade

Mesmo com todos os acontecimentos, o índice de preços ao consumidor (CPI) britânico subiu 0,4% em março, na comparação com fevereiro, e 1,3% na comparação anual. Os ficaram alinhados com as previsões.

Na França, os ativos do banco Société Générale subiram 2,55% e BNP Paribas mostrou alta de 1,37%. LVMH subiu 4,61%, após a companhia do setor de produtos de luxo divulgar balanço forte.

Os resultados foram bons, no entanto, poderiam ter sido melhores se a decisão do Banco Central Europeu de manter as taxas de juros em sua mínima histórica de -0,40%, mesmo com a desaceleração da economia mundial, não estivesse refletindo na sessão de hoje.

E-book: Guia completo e definitivo da Previdência Privada

Cidade Índice 10/04 11/04
Toda a Europa Stoxx 600 +0,26% +0,06%
Frankfurt DAX +0,47% +0,25%
Londres FTSE 100 -0,05% -0,05%
Paris CAC 40 +0,25% +0,66%
Milão FTSE Mib 0,0% +0,06%
Madri IBEX 35 -0,01% +0,41%
Bruxelas BEL 20 -0,31% +0,78%
Lisboa PSI 20 +0,94% +0,36%