Brasil pesa economia latino-americana, diz o Indicador Ifo/FGV de Clima Econômico (ICE)

Não é novidade que o Brasil vem enfrentando um período turbulento na economia.

Agora, com a conjuntura atual, ficou claro que o país foi fundamental na piora do clima econômico da América Latina.

De acordo com a recente publicação do Indicador Ifo/FGV de Clima Econômico (ICE), elaborado pelo instituto alemão Ifo em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), o marcador caiu de -9,1 pontos em janeiro deste ano para 21,1 pontos em abril.

O Brasil se destaca entre os maiores responsáveis pela drástica, pesando 38% no indicador, seguido do México que pesa 28%.

Ontem, o mercado viu a atividade do setor de serviços cair em março, índice que reforçou o negativismo do trimestre.

Em paralelo está a retração, no mesmo período, do comércio e até mesmo na indústria.

A fim de estimular a economia, especialistas ouvidos pelo ‘Estado’ acreditam que ainda é possível ao Banco Central cortar a taxa básica de juros (a Selic).

“O BC tem espaço para reduzir de 0,75 a 1 ponto percentual a Selic na segunda metade do ano, sem estrago na inflação”, avalia o ex-diretor do Banco Central Alexandre Schwartsman.

Em editorial, o jornal O Estado de S. Paulo afirma que o País está novamente “à beira da recessão”.

Leia mais:

Bolsas da Ásia encerram pregão em alta mesmo após dados chineses modestos

Saiba quais são os principais compromissos econômicos globais para esta quarta-feira

Governo prepara novo programa habitacional e pode usar mais recursos do FGTS no MCMV

Cortes na educação: falta de alinhamento no governo gera “disse me disse”

Líderes recusam encontro com Bolsonaro e governo sofre nova derrota na Câmara

Sem reforma administrativa, governo pode recriar até 10 ministérios

Resultados corporativos: lucro de Copel e Equatorial Energia crescem 43% e 157%, respectivamente

Resultados corporativos: Helbor e Gafisa reduzem prejuízo em 42,1% e 13%, respectivamente

Resultados corporativos: prejuízo da Renova Energia sobe e lucro da Guararapes recua