Ibovespa cai com setor bancário e desencontros no exterior; dólar sobe a R$3,83

Operando em queda desde a abertura, o Ibovespa reflete diferentes nuances no pregão de hoje. O mercado recebeu negativamente a redução nos índices de produção industrial da China e acentuou preocupações com o possível adiamento da reunião entre o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o líder chinês Xi Jinping. Inicialmente, os dois países iriam se reunir até o final do mês de março para finalizar o acordo comercial, porém, é provável que este encontro aconteça somente em abril.

Manual do Imposto de Renda para Investidores

Depois de renovar a máxima de fechamento em 98.904 pontos, o Ibovespa segue apurando perdas, em uma sessão de ajustes para o índice geral. Ás 11h56 (horário de Brasília), o benchmark da Bolsa brasileira registrava baixa de 0,53%, aos 98.375 pontos e giro financeiro de R$2,530 bilhões. O dólar comercial valorizava 0,42%, sendo cotado a R$3,83, em um dia de perdas para os emergentes. A divisa americana ganhava terreno contra a maioria das moedas globais, que reagiam aos dados fracos da economia chinesa.

Reforma da Previdência: O Futuro Dos Investimentos No Congresso Nacional

Com o aumento do clima de aversão ao risco, os contratos de juros futuros tinham aumento nas taxas em todos os períodos, com os investidores atentos aos desdobramentos da reforma da Previdência. Ontem foi realizada a instalação da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, que terá como presidente do colegiado o deputado Felipe Francischini (PSL-PR). O DI com vencimento para junho/2020 subia 1,07%, sendo vendido a 6,59% (6,52% no ajuste anterior) e o DI para junho/2022 avançava 1,03%, sendo negociado a 7,85% (7,80% no ajuste anterior).

Relatório Especial: Fundos Imobiliários

As ações de maior liquidez do Ibovespa apresentavam queda, com exceção das companhias ligadas ao setor siderúrgico (Usiminas e CSN), que operavam em alta.

E-book: Guia completo e definitivo da Previdência Privada

Banco do Brasil – Conforme informações divulgadas pela Reuters, o Banco do Brasil precificou na tarde de ontem (13) a emissão de US$750 milhões em bônus de 5 anos. A sociedade de economia mista retornará ao investidor uma rentabilidade de 4,75% ao ano, levemente abaixo da estimativa inicial de 5%. O objetivo da arrecadação é utilizar os recursos para gerenciar as dívidas do banco no exterior.

E-book: Guia completo para investimento em renda fixa

Embraer – A Embraer divulgou um prejuízo líquido ajustado de R$29,4 milhões nos últimos três meses de 2018, entregando, no período, 33 aeronaves comerciais e 36 executivas. O prejuízo líquido atribuído ao acionista foi de R$78,1 milhões, a receita líquida foi de R$6,38 milhões e o Ebitda ajustado somou R$409,5 milhões. Este foi um dos resultados mais fracos da companhia, segundo analistas do Bradesco BBI, porém houve aumento do fluxo de caixa livre ajustado e melhorias na margem operacional da aviação executiva, chegando a 2%.

Baixe o Infográfico: 5 motivos – Por Que Investir na Bolsa Agora É Um Bom Negócio

COMPANHIAS ESTATAIS
Petrobras (PETR3) +0,55% Vale (VALE3) -0,55%
Petrobras (PETR4) -0,32% Embraer (EMBR3) -2,18%
Eletrobras (ELET3) -0,42% Banco do Brasil (BBAS3) -1,61%
Eletrobras (ELET6) -0,82% Cemig (CMIG4) -1,02%

 Guia de A a Z de como se tornar um Trader

SETOR BANCÁRIO SETOR SIDERÚRGICO
Itaú Unibanco (ITUB3) -1,29% Usiminas (USIM3) +2,84%
Santander (SANB11) -0,96% CSN (CSNA3) +0,32%
Bradesco (BBDC3) -1,18% Gerdau (GGBR4) -0,33%