O que é ANBIMA? Tire suas principais dúvidas sobre as certificações

Você também está em busca de saber o que é ANBIMA? Primeiramente, ela é uma sigla para Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais. Quem trabalha com o mercado e com investimentos sabe o quão importante ela é. A ANBIMA certifica e autoriza agentes e instituições financeiras.

O assunto ainda causa muitas dúvidas, especialmente para quem tem interesse de trabalhar de forma autorizada pela entidade. Para ajudar você com esses questionamentos, este post tratará do assunto mais profundamente. Saiba o que é a ANBIMA, do que ela cuida e como funcionam suas certificações!

Saiba mais sobre o que é ANBIMA e sua atuação

A ANBIMA é uma entidade que representa as instituições financeiras, como bancos, empresas de gestão de patrimônio, corretoras de investimentos e agentes. Para atuar nesse segmento, as empresas são registradas e certificadas pela entidade, o que as confere credibilidade para trabalhar no mercado financeiro.

Para exercer o controle e a fiscalização, a ANBIMA tem seu próprio código. Esse regulamento determina parâmetros e obrigações para que seus registrados atuem de forma adequada. Seu trabalho é regulamentar, fiscalizar e cobrar qualquer empresa que atue com investimentos.

Os pilares do trabalho da ANBIMA

A ANBIMA define em sua atuação o comprometimento com quatro diretrizes institucionais. São elas: informar, representar, autorregular e educar. Com isso, ela divulga o que é relevante ao segmento, representa as instituições como uma entidade, regula as mesmas com base nas regras e oferece certificação aos profissionais.

Conheça as certificações da entidade

Um dos assuntos que mais despertam interesse são as certificações. Agora que você já sabe o que é ANBIMA, fica mais fácil compreender como essa entidade é capaz de conferir a profissionais a autorização para atuar no mercado financeiro.

Ela é responsável por 340 empresas associadas e tem vasto conhecimento no segmento. Isso faz da ANBIMA completamente preparada a oferecer cursos que capacitam quem deseja trabalhar nessa área. Atualmente, ela oferece 2 tipos de certificação: CPA-10 e CPA 20.

CPA-10

A CPA-10 é voltada para funcionários de instituições financeiras, como bancos, que vendam produtos de investimentos ao público. Profissionais de cooperativas de crédito também têm necessidades específicas na atuação e, por conta disso, também devem ser certificados por meio da CPA-10.

Essa certificação conta com 50 questões de múltipla escolha. Sua validade é de 5 anos para os profissionais que estão vinculados a alguma empresa como funcionários. Para quem é autônomo, ou não está empregado, a validade é de 3 anos.

CPA-20

A certificação CPA-20 é voltada aos profissionais de nível diferente, que lidam com investidores considerados qualificados. Gerentes de contas private e outras categorias similares são um dos principais públicos desse curso. A prova tem 60 questões de múltipla escolha.

Veja como se certificar pela ANBIMA

As certificações pela ANBIMA acontecem de forma simples. Os profissionais, no entanto, precisam estar preparados para responder às questões, bem específicas e totalmente voltadas para as áreas de investimentos. Elas capacitam de acordo com as atuações, preparando para atuar com o público ou com investidores qualificados.

A inscrição

Para se inscrever nas provas, basta visitar o portal da ANBIMA. Nele, os interessados conseguem visualizar todo o processo de forma simples e transparente, sem restar dúvidas. As provas são realizadas anualmente e o candidato à certificação pode agendar a realização para diferentes datas.

A ANBIMA exige apenas que, para fazer o agendamento, as taxas referentes às provas sejam pagas antecipadamente. Isso mantém a entidade funcionando adequadamente e cobre os custos necessários para oferecer a certificação.

A preparação

Ao entender o que é ANBIMA, é possível perceber a relevância dessa entidade. Isso faz com que as exigências para as provas sejam altas, uma vez que o profissional certificado terá a chancela máxima no país. Ele estará apto a atuar na profissão em qualquer empregador, com a certeza de que seus conhecimentos são de excelência.

Esse alto nível de qualificação exige, no entanto, conhecimentos mais aprofundados em uma série de temas. Cada uma das certificações é direcionada a uma atuação, e como você viu, elas se aprofundam em atuações distintas. Nesse cenário, é fundamental que o profissional já tenha conhecimentos nos temas cobrados.

O período de estudos antecedente é fundamental, como em qualquer outra prova importante. Isso garante que o valor investido na certificação, que não é baixo, seja usado com inteligência. A exigência do exame é alta, pois os investimentos em questão serão feitos como serviço. Há o manuseio do capital de outras pessoas.

A prática

Os simulados são uma forma muito eficiente de testar seus conhecimentos atuais. Eles trazem questões pertinentes e que já foram cobradas anteriormente. Você os encontra na internet, tanto para a CNPI quanto para as CPAs. Se você teve uma preparação e estudou, o simulado ajuda a entender como está o seu nível.

Na internet, é possível encontrar bons simulados e que são gratuitos. Assim, você tem a experiência prévia de como seria fazer as provas da ANBIMA. Lembre-se de que é preciso ter um background prévio, já que o exame é bem específico.

Muitos profissionais que atuam com investimentos buscam saber o que é ANBIMA e tirar dúvidas sobre a entidade. Neste post, você pôde conhecê-la melhor e entender a sua relevância dentro do segmento. As certificações também são de extrema importância e garantem melhores colocações profissionais no futuro.

Siga-nos no Facebook, no YouTube e na Newsletter para ter acesso a mais conteúdos como este!