Bolsonaro já tem nove nomes para ministérios

O candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL) já tem pelo menos nove nomes que pretende indicar para ocupar os Ministérios de seu governo. O militar já afirmou que quer reduzir o número para quinze pastas. Nomes como Onyx Lorenzoni (DEM) para a Casa Civil, Stravos Xanthopoylos (diretor da Associação Brasileira de Educação a Distância) para a Educação, Henrique Prata (diretor do Hospital do Câncer de Barretos) para a Saúde, entre outros, estão nos planos de Bolsonaro.

Conheça também o Infográfico: Onde investir caso Jair Bolsonaro vá para presidência?

E Eu Com Isso?

O candidato, como prometido, não dá indícios que deixará ministérios como moeda de troca para construir uma sólida base aliada no Congresso. Os nomes são, segundo ele, de gente competente e preparada para assumir os cargos. Esse é um dos desafios de Jair Bolsonaro se ganhar a Presidência – formar maioria, principalmente na Câmara dos Deputados, para que seus projetos sejam aprovados, mas mantendo-se fiel ao discurso de não-concessão.

Leia também:

Fala de Bolsonaro repercute negativamente: Ibovespa cai, dólar sobe e estatais ruem

Estatais em foco: investidores penalizam ações na Bolsa

Ibovespa fecha em queda, dólar dispara e cenário internacional não ajuda