Estrategista chefe da Levante, Rafael Bevilacqua, comenta sobre a chance das eleições presidenciais se encerrarem no primeiro turno

Escute o áudio com sua opinião na íntegra.

A poucos dias das eleições presidenciais, o cenário começa a ficar um pouco mais definido. As últimas pesquisas tanto do Ibope, como Datafolha, mostraram o avanço do candidato Jair Bolsonaro, que representa uma ideia liberal e conseguiu agradar o mercado financeiro. Por isso, a gente vem assistindo esses impactos no mercado, como a Bolsa em alta e dólar em queda.

Bolsa Brasileira tem mais um dia de forte alta

Na minha visão, tem um consenso no mercado financeiro em que Bolsonaro, vença as eleições. Mas um ponto que vem chamando atenção e também tomando discussão entre os investidores é a probabilidade dele vencer no primeiro turno – isso ainda não é claro com os número atuais, a gente tem um número de 32% de intenções, e caso a gente trabalhe com os votos válidos 75%, e os outros 25% nulos, brancos ou abstenções a gente vai chegar em votos totais e válidos próximo de 42,6%. E ele conseguiria vencer no primeiro turno se ele tivesse 38% de intenções e considerando 75% de votos válidos nessas eleições e que daria um valor acima de 50%, mais ou menos, 50,6%. E essa variância ainda pode acontecer, a gente ainda tem alguns dias e muitas coisas para acontecer, mesmo porque existe um efeito Trump nessas eleições. Muita gente que vota nele, não fala publicamente por ser um candidato de direita, então têm pequenas características que podem estar subestimadas.

Leia também: O Que Esperar Do Mercado Financeiro Com Jair Bolsonaro Na Presidência?

Rafael Bevilacqua – Estrategista-Chefe da Levante Ideias de Investimentos
@rafaelbevilacqua1

Leave a Reply

Your email address will not be published.